sicnot

Perfil

País

Autoridades admitem não haver relação entre sintomas de crianças hoje assistidas em Carcavelos e a prática balnear

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) admitiu não haver relação entre os sintomas na pele das crianças hoje assistidas na Praia de Carcavelos, em Cascais, e a prática balnear.

Os manifestantes contestam o Plano de Pormenor de Carcavelos (Arquivo Lusa)

Os manifestantes contestam o Plano de Pormenor de Carcavelos (Arquivo Lusa)

PEDRO NUNES

Em resposta a questões colocadas pela agência Lusa, o gabinete de comunicação da ARSLVT esclareceu que, após análises feitas pelas autoridades de Saúde e "face à avaliação da situação, não parece haver relação entre o aparecimentos das queixas e a prática balnear".

A ARSLVT explicou que a Autoridade de Saúde de Cascais foi alertada para "um conjunto de crianças com queixas de prurido e alterações cutâneas", cerca das 12:00 de hoje.

Deslocados ao local, conta a ARS, a Autoridade de Saúde apurou que se tratava de "de 64 crianças, que integravam um grupo de 250, que tinham estado na véspera no Parque Dos Moinhos da Ajuda, tendo algumas delas iniciado queixas semelhantes".

 "As queixas atenuavam-se quando as crianças ficavam abrigadas da exposição solar (o que configura que ocorreu reação de exacerbação por fotossensibilização cutânea).Duas crianças que integravam outro grupo de jovens apresentaram queixas de prurido relacionadas com exposição solar e prurido localizado", refere a nota.

A ARSLVT assegurou ainda que as Autoridades de Saúde estão ainda a acompanhar a situação, "não havendo até ao momento motivos de preocupação relacionados com a prática balnear".

 Sessenta e quatro crianças foram assistidas ao final da manhã, na praia de Carcavelos, por apresentarem "lesões cutâneas urticariformes", tendo sido duas delas transportadas para o Hospital São Francisco Xavier mas que, entretanto, já tiveram alta. 

 

 

 

 

Lusa

 

  • Francisco George toma posse como presidente da Cruz Vermelha Portuguesa

    País

    O ex-diretor-geral da Saúde, Francisco George toma hoje posse como presidente da Cruz Vermelha Portuguesa. Em entrevista à lusa, manifestou a intenção de criar uma unidade para abastecimento de água potável e redução dos problemas de saneamento em catástrofes como os incêndios deste verão. Além disso, em nome da transparência, vai tornar públicas as contas do organização, incluindo os donativos.

  • Árbitros recuam e vão apitar jogos do próximo fim de semana

    Desporto

    Os árbitros recuaram esta quarta-feira na intenção de não comparecer nos jogos do próximo fim de semana. Depois de na terça-feira a maioria dos juízes terem apresentado um pedido de dispensa dos jogos da 12.ª jornada do campeonato, esta quarta-feira adiaram a decisão após uma reunião com o Conselho de Arbitragem.

  • Comprar um carro em segunda mão sem ser enganado 
    8:44
  • Astronautas enviam mensagem no Dia de Ação de Graças
    1:06

    Mundo

    Comemora-se esta quinta-feira o Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos. Mais de 50 milhões de norte-americanos viajam ao encontro da família para celebrar o feriado. Também na Estação Espacial Internacional a data não foi esquecida.