sicnot

Perfil

País

SEF desmantela na região Oeste negócio de auxílio à imigração ilegal

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) anunciou hoje o desmantelamento na Lourinhã e Bombarral de um negócio em que eram emitidos contratos de trabalho falsos para garantir a permanência de cidadãos ilegais em Portugal e noutros países europeus.  

Em comunicado, o SEF refere que os dois detidos foram presentes aos tribunais de Aveiro e Espinho. (Arquivo)

Em comunicado, o SEF refere que os dois detidos foram presentes aos tribunais de Aveiro e Espinho. (Arquivo)

SIC

Na sequência de três buscas domiciliárias, o SEF deteve uma mulher, de 49 anos, e um irmão, seu cúmplice, que, após serem presentes a tribunal, ficaram a aguardar julgamento sob o termo de identidade e residência.

A suspeita, sem qualquer competência ou habilitação profissional, cobrava 500 euros para "emitir falsos contratos de trabalho a fim de assim garantir a regularização documental de cidadãos estrangeiros que permaneciam ilegalmente em Portugal e noutros países da União Europeia", refere um comunicado do SEF.

A investigação, coordenada pelo Ministério Público da Lourinhã, foi desencadeada por haver um "considerável número de cidadãos estrangeiros a solicitar ao SEF autorização de residência para o exercício de atividade profissional subordinada, sendo que a maioria residia na Holanda".

As autoridades detetaram casos de cidadãos que viajavam para Portugal "apenas com o intuito de obter e renovar os seus títulos de residência".

Durante a operação, foi apreendida documentação comprovativa de atividade criminosa ligada ao auxílio à imigração ilegal e à falsificação de documentos, nomeadamente contratos de trabalho, extratos bancários, minutas de requerimentos e agendas, que constituem prova dos crimes praticados, bem como computadores, suportes digitais e uma arma de fogo ilegal.

Lusa

  • Coutinho e Neymar salvam Brasil já na compensação

    Mundial 2018 / Brasil

    O Brasil venceu a Costa Rica por 2-0 numa partida a contar para a 2ª jornada do grupo E do Mundial da Rússia. Contas feitas, o Brasil sobe para o primeiro lugar do grupo, com 4 pontos, seguido da Sérvia com 3 pontos. A Suíça (1 ponto) e a Costa Rica (0 pontos) ocupam, assim, os últimos lugares da tabela.

  • O choro intenso de Neymar explicado pelo próprio
    0:51
  • Moutinho e Raphael Guerreiro de "baixa", Fonte disponível "para tocar bombo"
    1:52
  • Mulher morre após ser mandada para casa pelo Centro Hospitalar do Oeste
    2:23

    País

    Uma mulher morreu depois de ter tido alta no Centro Hospitalar do Oeste. Há fortes suspeitas que tenha sido vítima de um diagnóstico mal feito por uma empresa de telemedicina. O Bastonário da Ordem dos Médicos quer avaliar todos os contratos do Estado com serviços de telemedicina e impedir que as empresas e os hospitais fujam às responsabilidades. Até agora ninguém foi responsabilizado, a família apresentou várias queixas e Entidade Reguladora da Saúde abriu um inquérito.

  • Antigo campeão nacional de Ori-BTT, de 19 anos, morreu em colisão com carro
    1:42

    País

    Um ciclista de 19 anos morreu e o pai ficou gravemente ferido, numa colisão com uma viatura que fazia uma inversão de marcha, em Loulé, na quarta-feira. Quando o acidente aconteceu, o jovem estava a treinar para um campeonato na Hungria, onde ia participar dentro de poucos dias. Duarte Lourenço, que chegou a ser campeão nacional de Ori-BTT, pertencia ao escalão de Juniores, devido à sua idade, mas por vontade própria fazia escalão Sénior.