sicnot

Perfil

País

Cavaco salienta defesa das mulheres e diálogo com Mediterrâneo nos prémios Norte-Sul

O Presidente da República salientou hoje a defesa dos direitos das mulheres inerente à atribuição do prémio Norte-Sul a Maura Lynch e o diálogo entre a Europa e o Sul do Mediterrâneo materializado na distinção de André Azoulay

MIGUEL A. LOPES

Na entrega do prémio Norte-Sul, na Assembleia da República, o Chefe de Estado português, Cavaco Silva, apelou aos diplomatas presentes um maior apoio dos seus países ao Centro Norte-Sul, que valorizou como "um importante instrumento do Conselho da Europa".

"No âmbito dos prémios hoje atribuídos gostaria de sublinhar, por um lado, a vertente dos direitos humanos e, nomeadamente, dos direitos das mulheres. O trabalho de Maura Lynch revela o muito que ainda há a fazer nesse domínio mas, simultaneamente encoraja-nos a avançar", afirmou Cavaco Silva.

Maura Lynch é médica-cirurgiã e obstreta, esteve ao serviço das Missionárias Médicas de Maria em Angola e no Uganda, especializada no tratamento de situações de trauma pélvico pós-obstetrício, que provoca incontinência crónica se não for tratado ou prevenido, constituindo, como sublinhou o Presidente da República, "um grave problema social e médico entre as mulheres".

"Quero também destacar, por outro lado, a vertente do diálogo entre a Europa e o Sul do Mediterrâneo, uma das componentes da ação de André Azoulay. As relações da Europa com os seus vizinhos são fundamentais e, neste contexto, o Mediterrâneo mantém-se uma área primordial e de grandes desafios", afirmou Cavaco Silva.

André Azoulay foi presidente da Fundação Euro-Mediterrânea Anna Lindh para o Diálogo entre Culturas, integra o Grupo de Alto Nível da Aliança das Civilizações das Nações Unidas, presidente ao Comité Executivo da Fundação Três Culturas e Três Religiões, é fundador do Grupo Aladin, que atua ao nível das relações interculturais entre a comunidade islâmica e o resto do mundo, é conselheiro do Rei de Marrocos e tem participado no processo de Paz do Médio Oriente.

Também a presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, numa mensagem de boas-vindas, enalteceu o contributo dos premiados, enquanto "fazedores de pontes".

O Presidente da República assinalou os 25 anos do Centro Norte-Sul que se comemoraram durante o último ano, constituindo "um quarto de século ao serviço da sensibilização dos temas da interdependência global e da promoção de políticas de solidariedade, em conformidade com os objetivos e princípios defendidos pelo Conselho da Europa".

"Os tempos conturbados que vivemos - marcados pelo aumento do radicalismo, da intolerância e da violência, e ilustrados pela ocorrência, ainda este ano, de trágicos acontecimentos em Paris, Copenhaga, Tunes e Sousse - reforçam a necessidade de continuar a promover o diálogo intercultural, a democracia e os direitos humanos, bem como a sensibilização para a realidade da interdependência global", defendeu".

"O papel do Centro na promoção dos valores e missão do Conselho da Europa mantem plena atualidade", sublinhou Cavaco Silva.

Após a cerimónia de entrega dos prémios, o Presidente visitou a exposição sobre Eusébio da Silva Ferreira que está patente no parlamento, enquadrada nas honras de Panteão concedidas ao futebolista.

O prémio Norte-Sul do Conselho da Europa é atribuído desde 1995 a duas personalidades que se tenham destacado pelo seu empenho a favor da promoção da solidariedade Norte-Sul.

Os domínios de ação dos distinguidos são a proteção dos direitos humanos, a defesa da democracia e do Estado de direito, promoção do diálogo intercultural, sensibilização da opinião pública para a problemática da interdependência e da solidariedade mundiais, reforço da cooperação Norte-Sul.

 

Lusa

  • Presidente do Tondela diz que clube foi humilhado
    1:26

    Desporto

    O presidente do Tondela participou esta segunda-feira na conferência de imprensa após o jogo da 23.ª jornada da I Liga com o Sporting. Gilberto Coimbra criticou o árbitro do encontro João Capela, e diz que o tempo de compensação dado a mais foi por uma falta que não foi assinalada sobre um jogador do Tondela, Bruno Monteiro.

  • Último golo do Sporting ao Tondela "é legal e limpinho" 
    0:41

    Desporto

    Jorge Jesus entende que a vitória desta segunda-feira do Sporting frente ao Tondela não merece contestação e destaca o facto de o árbitro ter avisado os jogadores que iria prolongar o tempo extra. Para o treinador dos leões, o golo no minuto 99' é legal. 

  • Deputados pedem medidas urgentes para travar exploração de urânio junto à fronteira
    3:06

    País

    Um projeto de exploração de urânio no município de Retortilho em Salamanca, a cerca de 40 quilómetros da fronteira portuguesa, está a causar preocupação nos dois países. Portugueses e espanhóis temem o risco de contaminação por via aérea e fluvial. Deputados portugueses visitaram o local, onde pediram medidas firmas e urgentes ao Governo para travar o projeto. As autoridades de Espanha não acionaram o mecanismo de avaliação ambiental partilhada.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC