sicnot

Perfil

País

Cavaco salienta defesa das mulheres e diálogo com Mediterrâneo nos prémios Norte-Sul

O Presidente da República salientou hoje a defesa dos direitos das mulheres inerente à atribuição do prémio Norte-Sul a Maura Lynch e o diálogo entre a Europa e o Sul do Mediterrâneo materializado na distinção de André Azoulay

MIGUEL A. LOPES

Na entrega do prémio Norte-Sul, na Assembleia da República, o Chefe de Estado português, Cavaco Silva, apelou aos diplomatas presentes um maior apoio dos seus países ao Centro Norte-Sul, que valorizou como "um importante instrumento do Conselho da Europa".

"No âmbito dos prémios hoje atribuídos gostaria de sublinhar, por um lado, a vertente dos direitos humanos e, nomeadamente, dos direitos das mulheres. O trabalho de Maura Lynch revela o muito que ainda há a fazer nesse domínio mas, simultaneamente encoraja-nos a avançar", afirmou Cavaco Silva.

Maura Lynch é médica-cirurgiã e obstreta, esteve ao serviço das Missionárias Médicas de Maria em Angola e no Uganda, especializada no tratamento de situações de trauma pélvico pós-obstetrício, que provoca incontinência crónica se não for tratado ou prevenido, constituindo, como sublinhou o Presidente da República, "um grave problema social e médico entre as mulheres".

"Quero também destacar, por outro lado, a vertente do diálogo entre a Europa e o Sul do Mediterrâneo, uma das componentes da ação de André Azoulay. As relações da Europa com os seus vizinhos são fundamentais e, neste contexto, o Mediterrâneo mantém-se uma área primordial e de grandes desafios", afirmou Cavaco Silva.

André Azoulay foi presidente da Fundação Euro-Mediterrânea Anna Lindh para o Diálogo entre Culturas, integra o Grupo de Alto Nível da Aliança das Civilizações das Nações Unidas, presidente ao Comité Executivo da Fundação Três Culturas e Três Religiões, é fundador do Grupo Aladin, que atua ao nível das relações interculturais entre a comunidade islâmica e o resto do mundo, é conselheiro do Rei de Marrocos e tem participado no processo de Paz do Médio Oriente.

Também a presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, numa mensagem de boas-vindas, enalteceu o contributo dos premiados, enquanto "fazedores de pontes".

O Presidente da República assinalou os 25 anos do Centro Norte-Sul que se comemoraram durante o último ano, constituindo "um quarto de século ao serviço da sensibilização dos temas da interdependência global e da promoção de políticas de solidariedade, em conformidade com os objetivos e princípios defendidos pelo Conselho da Europa".

"Os tempos conturbados que vivemos - marcados pelo aumento do radicalismo, da intolerância e da violência, e ilustrados pela ocorrência, ainda este ano, de trágicos acontecimentos em Paris, Copenhaga, Tunes e Sousse - reforçam a necessidade de continuar a promover o diálogo intercultural, a democracia e os direitos humanos, bem como a sensibilização para a realidade da interdependência global", defendeu".

"O papel do Centro na promoção dos valores e missão do Conselho da Europa mantem plena atualidade", sublinhou Cavaco Silva.

Após a cerimónia de entrega dos prémios, o Presidente visitou a exposição sobre Eusébio da Silva Ferreira que está patente no parlamento, enquadrada nas honras de Panteão concedidas ao futebolista.

O prémio Norte-Sul do Conselho da Europa é atribuído desde 1995 a duas personalidades que se tenham destacado pelo seu empenho a favor da promoção da solidariedade Norte-Sul.

Os domínios de ação dos distinguidos são a proteção dos direitos humanos, a defesa da democracia e do Estado de direito, promoção do diálogo intercultural, sensibilização da opinião pública para a problemática da interdependência e da solidariedade mundiais, reforço da cooperação Norte-Sul.

 

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.