sicnot

Perfil

País

Cavaco salienta defesa das mulheres e diálogo com Mediterrâneo nos prémios Norte-Sul

O Presidente da República salientou hoje a defesa dos direitos das mulheres inerente à atribuição do prémio Norte-Sul a Maura Lynch e o diálogo entre a Europa e o Sul do Mediterrâneo materializado na distinção de André Azoulay

MIGUEL A. LOPES

Na entrega do prémio Norte-Sul, na Assembleia da República, o Chefe de Estado português, Cavaco Silva, apelou aos diplomatas presentes um maior apoio dos seus países ao Centro Norte-Sul, que valorizou como "um importante instrumento do Conselho da Europa".

"No âmbito dos prémios hoje atribuídos gostaria de sublinhar, por um lado, a vertente dos direitos humanos e, nomeadamente, dos direitos das mulheres. O trabalho de Maura Lynch revela o muito que ainda há a fazer nesse domínio mas, simultaneamente encoraja-nos a avançar", afirmou Cavaco Silva.

Maura Lynch é médica-cirurgiã e obstreta, esteve ao serviço das Missionárias Médicas de Maria em Angola e no Uganda, especializada no tratamento de situações de trauma pélvico pós-obstetrício, que provoca incontinência crónica se não for tratado ou prevenido, constituindo, como sublinhou o Presidente da República, "um grave problema social e médico entre as mulheres".

"Quero também destacar, por outro lado, a vertente do diálogo entre a Europa e o Sul do Mediterrâneo, uma das componentes da ação de André Azoulay. As relações da Europa com os seus vizinhos são fundamentais e, neste contexto, o Mediterrâneo mantém-se uma área primordial e de grandes desafios", afirmou Cavaco Silva.

André Azoulay foi presidente da Fundação Euro-Mediterrânea Anna Lindh para o Diálogo entre Culturas, integra o Grupo de Alto Nível da Aliança das Civilizações das Nações Unidas, presidente ao Comité Executivo da Fundação Três Culturas e Três Religiões, é fundador do Grupo Aladin, que atua ao nível das relações interculturais entre a comunidade islâmica e o resto do mundo, é conselheiro do Rei de Marrocos e tem participado no processo de Paz do Médio Oriente.

Também a presidente da Assembleia da República, Assunção Esteves, numa mensagem de boas-vindas, enalteceu o contributo dos premiados, enquanto "fazedores de pontes".

O Presidente da República assinalou os 25 anos do Centro Norte-Sul que se comemoraram durante o último ano, constituindo "um quarto de século ao serviço da sensibilização dos temas da interdependência global e da promoção de políticas de solidariedade, em conformidade com os objetivos e princípios defendidos pelo Conselho da Europa".

"Os tempos conturbados que vivemos - marcados pelo aumento do radicalismo, da intolerância e da violência, e ilustrados pela ocorrência, ainda este ano, de trágicos acontecimentos em Paris, Copenhaga, Tunes e Sousse - reforçam a necessidade de continuar a promover o diálogo intercultural, a democracia e os direitos humanos, bem como a sensibilização para a realidade da interdependência global", defendeu".

"O papel do Centro na promoção dos valores e missão do Conselho da Europa mantem plena atualidade", sublinhou Cavaco Silva.

Após a cerimónia de entrega dos prémios, o Presidente visitou a exposição sobre Eusébio da Silva Ferreira que está patente no parlamento, enquadrada nas honras de Panteão concedidas ao futebolista.

O prémio Norte-Sul do Conselho da Europa é atribuído desde 1995 a duas personalidades que se tenham destacado pelo seu empenho a favor da promoção da solidariedade Norte-Sul.

Os domínios de ação dos distinguidos são a proteção dos direitos humanos, a defesa da democracia e do Estado de direito, promoção do diálogo intercultural, sensibilização da opinião pública para a problemática da interdependência e da solidariedade mundiais, reforço da cooperação Norte-Sul.

 

Lusa

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC