sicnot

Perfil

País

Apoio comunitário a doentes mentais "longe do mínimo aceitável"

A grande maioria da população já não depende de hospitais psiquiátricos de estadia prolongada, contudo nos hospitais gerais que passaram a seguir estes doentes continuam a faltar cuidados na comunidade e ao domicílio, mantendo modelos há muito ultrapassados.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Nacho Doce / Reuters

Estas são as principais conclusões do primeiro relatório nacional e do relatório europeu sobre transição dos cuidados de saúde mental para a comunidade que são hoje apresentados na Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa.

Os relatórios da "EU Joint Action on Mental Health and Wellbeing" focam os aspetos positivos e negativos da transição de modelos institucionais para modelos baseados na comunidade.

Como positivo, apontam o facto de mais de 75% da população depender de cuidados prestados por serviços com base em hospitais gerais, que substituíram os hospitais psiquiátricos como elemento central do sistema de saúde mental.

O relatório nacional destaca que se encerrou o mais antigo hospital psiquiátrico do país (Hospital Miguel Bombarda), através de um processo que levou à sua substituição por um conjunto de novos serviços de saúde mental na comunidade e em vários hospitais gerais, como os do Barreiro, Centro Hospitalar Lisboa Ocidental, Cascais, Amadora, Almada, Setúbal, Évora e Beja.

O objetivo desta transição era passar a utilizar modelos baseados na comunidade e socialmente inclusivos, como o internamento de curta duração e cuidados ambulatórios nos hospitais gerais, nos centros de saúde mentais e em centros de dia, para garantir às pessoas o direito de viver na comunidade, a escolher o local de residência e ter acesso a serviços residenciais, domiciliários e a outros serviços comunitários.

No entanto, são apontados vários aspetos a melhorar, entre os quais se destaca o facto de a maior parte dos serviços de saúde portugueses, incluindo os baseados nos hospitais gerais, continuarem a concentrar a maior parte dos seus recursos em atividades intra-hospitalares e a ter "uma escassa atividade na comunidade, privilegiando modelos de cuidados há muito ultrapassados". 

"As equipas de saúde mental verdadeiramente implantadas na comunidade continuam a existir num número restrito de departamentos de saúde mental", conclui o relatório. 

Por outro lado, os programas colaborativos com os cuidados primários, os programas integrados para doentes mentais graves, os centros de saúde mental e os programas de intervenção domiciliária "continuam a ter uma expressão muito modesta, em comparação com a realidade dos outros países europeus, e estão muito longe do mínimo aceitável", sublinha.

 

Lusa

  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • Os filhos do divórcio
    20:50
  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • A SIC foi dar uma volta de bicicleta

    País

    Há 90 anos, cerca de 40 ciclistas partiam do Marquês de Pombal, em Lisboa, para a primeira etapa da 1.ª Volta a Portugal de Bicicleta. Hoje, um grupo de investigadores repete o percurso, até Setúbal, dando início a uma viagem que pretende incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte no dia-a-dia. Um jornalista da SIC segue no pelotão e pode acompanhar a viagem em direto no Facebook da SIC Notícias.

    SIC

  • Avião divergiu para as Lajes devido a discussão a bordo

    País

    Um avião da companhia aérea British Airways divergiu hoje para o aeroporto das Lajes, na ilha Terceira, nos Açores, devido a uma discussão a bordo entre um casal de passageiros e a tripulação, informou hoje a Força Aérea Portuguesa.

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e, a organização espera ter 60 mil participantes.

  • Ivanka Trump vaiada por defender o pai durante debate sobre igualdade de género
    1:51

    Mundo

    Com o propósito de criar pontes com Donald Trump, a chanceler alemã Angela Merkel convidou a filha mais velha do Presidente norte-americano para participar numa cimeira. No entanto as coisas não correram muito bem e Ivanka Trump foi vaiada pela audiência por ter defendido o pai quando o assunto era a igualdade de género. 

  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.