sicnot

Perfil

País

Governo quer mais alunos estrangeiros e mais ensino à distância no Superior

As prioridades da estratégia de internacionalização do ensino superior português passam pela atração de alunos internacionais e pelo desenvolvimento do ensino à distância, de acordo com o documento aprovado esta quinta-feira em Conselho de Ministros.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Além de atrair alunos de outros países para as instituições de ensino superior nacionais - possibilidade aberta com a publicação do Estatuto do Estudante Internacional -, o Governo quer ainda dar prioridade ao "desenvolvimento do ensino a distância", focando-se sobretudo na "dinamização de cursos abertos 'online' em língua portuguesa de preparação para o ingresso no sistema de ensino superior nacional".

O Governo quer mais alunos e mais oferta para o ensino à distância, referindo que, na Universidade Aberta, que oferece esta modalidade de ensino superior, um terço dos 10 mil alunos são estrangeiros.

A "Estratégia para a Internacionalização do Ensino Superior", hoje aprovada, determina ainda a "elaboração do Plano de Ação Bienal, a validar pelo membro do Governo responsável pela área do Ensino Superior, bem como a criação do Conselho para a Internacionalização do Ensino Superior (CIESP)".

"A este Conselho compete, designadamente, apreciar o plano de ação bienal para a internacionalização do ensino superior e emitir parecer sobre o mesmo, emitir recomendações, pronunciar-se sobre as matérias que lhe sejam submetidas no âmbito do Ensino Superior e promover a coordenação entre as diferentes instituições e entidades nele representadas estabelecendo uma rede de pontos focais", explicou o Ministério da Educação e Ciência (MEC), em comunicado.

O ministério, que sublinhou que um dos objetivos da estratégia é promover a marca "Study in Portugal" (Estudar em Portugal) destacou o potencial do país para atrair alunos estrangeiros pela sua integração em espaços como o da União Europeia ou a Comunidade de Países de Língua de Portuguesa (CPLP).

De acordo com os números divulgados pela tutela, mais de 31 mil alunos estrangeiros escolheram Portugal para estudar em 2013-2014, incluindo os alunos abrangidos pelo programa europeu de intercâmbio universitário Erasmus, e 85 dos estudantes internacionais tinham origem ou na União Europeia, ou na CPLP.

Ainda assim, Portugal está longe de ser um destino prioritário para quem quer estudar fora: de acordo com o MEC, o país acolhe "o equivalente a cerca de 0,6% dos estudantes internacionais em mobilidade no mundo inteiro".

O documento hoje aprovado prevê ainda a definição de "uma estratégia específica de cooperação com outros países com grandes comunidades luso descendentes (Estados Unidos, Canadá, França, Suíça, Luxemburgo)".

A mobilidade de docentes e investigadores, e a "definição dos perfis de especialização para a internacionalização das instituições de ensino superior" fazem também parte da agenda.

Lusa

  • IPSS no Seixal alvo de processo e auditoria financeira
    1:47

    País

    A Segurança Social está fazer mais uma inspeção total a uma IPSS, agora na Associação Unitária de Reformados, Pensionistas e Idosos do Seixal. A fiscalização já recolheu documentação e está agora a passar a pente fino as contas, os serviços e todos os procedimentos da Instituição.

    Investigação SIC - Hoje no Jornal da Noite

    SIC

  • "Vai custar muito a voltarmos à realidade"
    2:22
  • Moradores de Alcântara escrevem ao presidente dos CTT
    2:27

    País

    Esta manhã dezenas de moradores de Alcântara manifestaram frente à sede dos CTT, no Parque das Nações, contra o encerramento da loja da freguesia onde que vivem. No protesto entregaram um postal gigante dirigido a Francisco Lacerda, o presidente dos Correios.

  • PJ apreende 745 quilos de cocaína escondida em ananases

    País

    A Polícia Judiciária apreendeu 745 quilos de cocaína com origem na América Latina.A droga estava escondida no interior de ananases transportados em contentores. Nove pessoas foram detidas numa investigação da Polícia Judiciária e do Cuerpo Nacional de Polícia de Espanha.

  • Trump mentalmente apto para ser Presidente dos EUA

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos foi na semana passada sujeito aos exames médicos anuais obrigatórios. O médico oficial da Casa Branca informou esta terça-feira que Donald Trump está de "excelente" saúde, não apenas física, mas também mental. As dúvidas sobre as capacidades cognitivas de Trump ganharam força após as revelações feitas no livro "Fire and Fury: Inside the Trump White House".

    SIC

  • Quando o frio até as pestanas congela

    Mundo

    Os termómetros desceram até aos - 67º Celsius em Yakutia, 5.300 quilómetros a Este de Moscovo, na Rússia. Nesta região, os estudantes estão habituados a manter as rotinas, mesmo quando as valores chegam aos - 40º Celsius, mas esta terça-feira as autoridades encerraram escolas e aconselharam a população a ficar em casa, longe do frio que até as pestanas congela.

    SIC

  • Quase 600 pedidos de nulidade de casamentos católicos em três anos
    1:38

    País

    Entre 2015 e 2017, 575 casais portugueses pediram a anulação do casamento católico. O ano passado o número de pedidos duplicou em relação a 2015. Desde esse ano, e por decisão do Papa Francisco, que os pedidos de nulidade do casamento pela Igreja são mais simples, mais baratos e mais rápidos.

  • "É preciso namorar bem para que o namoro dê certo"
    2:31

    País

    Rui Rio diz que a decisão sobre o futuro da liderança da bancada parlamentar do PSD só será tomada depois de falar com Pedro Passos Coelho e com Hugo Soares. Em entrevista à RTP, a primeira depois de vencer as diretas, o Rui Rio lembrou esta terça-feira que Passos Coelho ainda é líder do partido.

  • Polícia australiana "detém" marsupial em fuga
    1:01