sicnot

Perfil

País

Ministra considera positivo acordo alcançado com alguns sindicatos da PSP

​A ministra da Administração Interna, Anabela Rodrigues, considerou esta quinta-feira positivo o acordo que conseguiu alcançar com alguns sindicatos da PSP, durante as negociações do estatuto profissional, escusando-se a avançar com datas para a sua aprovação. 

(Arquivo)

(Arquivo)

Lusa

"Quanto aos sindicatos, é natural que alguns possam estar menos satisfeitos, mas globalmente chegamos a um acordo que se pode considerar positivo", disse aos jornalistas a ministra no final da cerimónia que assinalou o 148.º aniversário da Polícia de Segurança Pública.

Anabela Rodrigues adiantou que o Ministério da Administração Interna (MAI) já conseguiu chegar a acordo com alguns sindicatos da PSP, sendo desejável abranger ainda o maior número possível.

Sem avançar com datas para aprovação do futuro estatuto profissional da PSP, que tem merecido contestação por parte da maior parte das estruturas sindicais da Polícia, a ministra afirmou que o processo entrou em fase de negociação suplementar e na sexta-feira vai receber dois sindicatos.

Anabela Rodrigues disse também que a direção nacional da PSP participou na elaboração da proposta inicial apresentada aos sindicatos, tendo depois indicado um representante que acompanhou todas as reuniões com as estruturas que representam os polícias.

No seu discurso, a ministra reconheceu o trabalho desenvolvido pelos polícias, sublinhando que a motivação "deve merecer particular atenção dos seus dirigentes e ser suportada por um estatuto profissional que, na medida das possibilidades, vá ao encontro dos seus desejos e expectativas".

O processo negocial sobre o futuro estatuto profissional da PSP entre sindicatos e o MAI já terminou, tendo a Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP) e o Sindicato dos Profissionais da Polícia (SPP) assinado um memorando de entendimento no final das negociações, mas exigem que o Governo aprove rapidamente as medidas com as quais se comprometeu.

Caso contrário, ameaçam utilizar "todos os meios de luta disponíveis" para exigir o seu cumprimento.

Os restantes sindicatos contestam a proposta, nomeadamente o que representa a maioria dos comandantes e diretores da PSP, que hoje organizam um jantar e divulgaram um memorando de descontentamento.

Durante a cerimónia dos 148 anos da PSP, foram atribuídos prémios e condecorações aos polícias que se destacaram por "atos extraordinários", tendo sido ainda condecorados a título póstumo os agentes falecidos em serviço, em fevereiro, em Loures.

  • Três letras de Zeca Afonso

    Cultura

    No dia em que se assinalam 30 anos da morte de Zeca Afonso, Raquel Marinho, jornalista da SIC e divulgadora de poesia portuguesa contemporânea, escolhe três letras do cantor e autor para dizer, em forma de homenagem.

    Raquel Marinho

  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.