sicnot

Perfil

País

Ministra considera positivo acordo alcançado com alguns sindicatos da PSP

​A ministra da Administração Interna, Anabela Rodrigues, considerou esta quinta-feira positivo o acordo que conseguiu alcançar com alguns sindicatos da PSP, durante as negociações do estatuto profissional, escusando-se a avançar com datas para a sua aprovação. 

(Arquivo)

(Arquivo)

Lusa

"Quanto aos sindicatos, é natural que alguns possam estar menos satisfeitos, mas globalmente chegamos a um acordo que se pode considerar positivo", disse aos jornalistas a ministra no final da cerimónia que assinalou o 148.º aniversário da Polícia de Segurança Pública.

Anabela Rodrigues adiantou que o Ministério da Administração Interna (MAI) já conseguiu chegar a acordo com alguns sindicatos da PSP, sendo desejável abranger ainda o maior número possível.

Sem avançar com datas para aprovação do futuro estatuto profissional da PSP, que tem merecido contestação por parte da maior parte das estruturas sindicais da Polícia, a ministra afirmou que o processo entrou em fase de negociação suplementar e na sexta-feira vai receber dois sindicatos.

Anabela Rodrigues disse também que a direção nacional da PSP participou na elaboração da proposta inicial apresentada aos sindicatos, tendo depois indicado um representante que acompanhou todas as reuniões com as estruturas que representam os polícias.

No seu discurso, a ministra reconheceu o trabalho desenvolvido pelos polícias, sublinhando que a motivação "deve merecer particular atenção dos seus dirigentes e ser suportada por um estatuto profissional que, na medida das possibilidades, vá ao encontro dos seus desejos e expectativas".

O processo negocial sobre o futuro estatuto profissional da PSP entre sindicatos e o MAI já terminou, tendo a Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP) e o Sindicato dos Profissionais da Polícia (SPP) assinado um memorando de entendimento no final das negociações, mas exigem que o Governo aprove rapidamente as medidas com as quais se comprometeu.

Caso contrário, ameaçam utilizar "todos os meios de luta disponíveis" para exigir o seu cumprimento.

Os restantes sindicatos contestam a proposta, nomeadamente o que representa a maioria dos comandantes e diretores da PSP, que hoje organizam um jantar e divulgaram um memorando de descontentamento.

Durante a cerimónia dos 148 anos da PSP, foram atribuídos prémios e condecorações aos polícias que se destacaram por "atos extraordinários", tendo sido ainda condecorados a título póstumo os agentes falecidos em serviço, em fevereiro, em Loures.

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.