sicnot

Perfil

País

GNR aperta fiscalização a condução sob efeito de álcool e drogas

A Guarda Nacional Republicana vai arrancar neste fim de semana com uma operação de fiscalização de condução sob o efeito de álcool e drogas, estando previstas mais de 500 ações de fiscalização.

(SIC/ Arquivo)

Em comunicado, a GNR anuncia que na madrugada de sábado e de domingo vai levar a cabo a operação Baco, de fiscalização de álcool e drogas, prevendo realizar 509 ações de fiscalização.

Em declarações à agência Lusa, o major Marco Cruz explicou que esta será uma ação de âmbito nacional, mas mais concentrada na faixa litoral, já que os cerca de 1.800 operacionais da GNR vão estar principalmente nas vias de acesso a estabelecimentos de diversão noturna.

A operação de fiscalização vai decorrer tanto em estradas nacionais, regionais ou municipais, principalmente aquelas "onde as infrações por excesso de álcool são mais frequentes e dão mais origem a um risco acrescido de acidentes de viação", refere a GNR.

De acordo com o major Marco Cruz, a atual época do ano é delicada porque há muita atividade noturna, principalmente nas zonas do Algarve e Oeste.

Segundo a GNR, "desde o início do ano e até ao dia 30 de junho, foram fiscalizados 627 382 condutores, dos quais 14 285 conduziam com taxa de álcool no sangue superior ao permitido por lei, tendo 5 660  destes sido detidos por conduzirem com taxa crime (igual/superior a 1,20 gramas/litro)".

 

Lusa

  • Equipa da SIC impedida de entrar na Venezuela

    País

    A SIC tinha uma equipa a caminho da Venezuela para cobrir as eleições da Assembleia Constituinte que decorrem no domingo. No entanto o jornalista Luís Garriapa e o repórter de imagem Odacir Junior foram impedidos de entrar no país. A equipa de reportagem foi barrada à chegada ao aeroporto de Caracas.

  • "Fomos considerados inadmissíveis no território da Venezuela"
    4:43

    País

    O jornalista Luís Garriapa entrou em direto no Jornal da Noite, para explicar o que aconteceu esta quinta-feira, no aeroporto de Caracas. A equipa de reportagem de SIC foi impedida de entrar na Venezuela, onde ia cobrir as eleições da Assembleia Constituinte, marcadas para domingo.

  • Oposição alarga protesto e anuncia "tomada da Venezuela"

    Mundo

    A oposição venezuelana recusou esta quinta-feira a proibição de manifestações decretada pelo Governo e avisou que, em resposta, ampliará o protesto previsto para sexta-feira, passando de uma "tomada de Caracas" para uma "tomada da Venezuela".

  • Marcelo lembra como foi tratada a tragédia durante a ditadura
    2:25

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Marcelo Rebelo de Sousa não quis comentar diretamente a polémica em torno da lista das vítimas mortais de Pedrógão Grande, mas recorreu às cheias de 1967 para lembrar como as tragédias eram tratadas no tempo da ditadura. O Presidente da República defendeu que não é possível esconder a dimensão de uma tragédia num regime democrático. Há 50 anos, Marcelo Rebelo de Sousa acompanhou de perto a forma como o regime tentou esconder a verdadeira dimensão do incidente.

  • Ministra admite falhas no SIRESP no presente e no passado
    2:35

    País

    A ministra da Administração Interna admitiu, esta quinta-feira, que o SIRESP falha no presente tal como já falhou no passado, quando a tutela pertencia ao Governo PSD. Os sociais-democratas quiserem ouvir Constança Urbano de Sousa na comissão parlamentar mas desta vez a ministra defendeu-se com um ataque. 

  • À descoberta de Dago, o destroço mais visitado em mergulho de profundidade
    13:51
  • Uma viagem aérea pela aldeia histórica de Monsanto
    0:50
  • Quase três mil toneladas de plástico ameçam tartarugas no Mediterrâneo
    2:35

    Mundo

    O Mar Mediterrâneo está sob a ameaça de se tornar uma lixeira com três mil toneladas de plástico a flutuarem entre a Europa e África. Há milhões de turistas a nadarem nestas águas e há espécies marinhas que já estão em perigo. No Chipre, os cientistas estão a tentar proteger tartarugas, cuja alimentação já é quase totalmente de plástico.

  • Deputado da Malásia diz que negar sexo ao marido é uma forma de abuso

    Mundo

    Um deputado malaio tem sido alvo de algumas críticas na internet, depois de ter dito que negar sexo a maridos é uma forma de abuso psicológico e emocional por parte das mulheres. As declarações de Che Mohamad Zulkifly Jusoh foram feitas durante um debate sobre as alterações às leis de violência doméstica, na quarta-feira.

    SIC