sicnot

Perfil

País

Bombeira ferida no Douro Internacional helitransportada para o Porto

Uma bombeira de 50 anos, que sofreu queimaduras de segundo e terceiro graus nas pernas e braços durante o combate ao incêndio no Parque natural do Douro Internacional, vai ser helitransportada para o Hospital de S. João, no Porto.

O incêndio, que já lavra em duas freguesias do concelho de Mogadouro e está a ser combatido por cerca de 130 bombeiros, provocou queimaduras em duas operacionais. (Arquivo)

O incêndio, que já lavra em duas freguesias do concelho de Mogadouro e está a ser combatido por cerca de 130 bombeiros, provocou queimaduras em duas operacionais. (Arquivo)

SIC

O incêndio, que já lavra em duas freguesias do concelho de Mogadouro e está a ser combatido por cerca de 130 bombeiros, provocou queimaduras em duas operacionais.

Fonte da equipa do INEM destacada para o local adiantou que a mulher de 50 anos vai seguir para o heliporto do Hospital Pedro Hispano, Matosinhos, seguindo depois para o de S. João.

A fonte disse que ainda não está completado o diagnóstico à outra bombeira ferida, de 24 anos, que poderá vir também a necessitar de ser helitransportada para um hospital central.

O incêndio, que teve início naquele parque natural, em Bruçó, Mogadouro, alastrou, entretanto, para a freguesia vizinha de Castelo Branco e está a ser combatido por 130 bombeiros, apoiados por 42 viaturas e quatro aviões.

O major Cura Marques, das Relações Públicas do Comando Distrital de Bragança da GNR Bragança, adiantou à Lusa que o incêndio terá sido provocado por duas máquinas industriais que procediam ao carregamento de madeira.

Fonte da Proteção Civil Municipal de Mogadouro disse que as máquinas ficaram destruídas pelas chamas.

Segundo a página da Autoridade Nacional de Proteção Civil, o incêndio deflagrou cerca das 13:00 horas "e não há populações em perigo".

Lusa

  • "Hoje vi chover lume"
    3:57
  • A Minha Outra Pátria
    29:53
  • Milhares de clientes da CGD vão pagar quase 5€/ mês por comissões de conta
    1:24

    Economia

    Milhares de clientes da Caixa Geral de Depósitos (CGD), que até aqui estavam isentos de qualquer pagamento, vão começar a pagar quase 5 euros por mês por comissões de conta. A medida abrange também reformados e pensionistas e entra em vigor já em setembro. Ainda assim, os clientes com mais de 65 anos e uma pensão inferior a 835 euros por mês continuam isentos.

  • O apelo da adolescente arrependida de ir lutar pelo Daesh

    Daesh

    Uma adolescente alemã que desapareceu da casa dos pais, no estado da Saxónia, esteve entre os vários militantes do Daesh detidos este fim de semana na cidade iraquiana de Mossul. Arrependida do rumo que deu à sua vida, deixou um apelo emocionado em que expressa, repetidamente, a vontade de "fugir" e voltar para casa.

    SIC