sicnot

Perfil

País

Dois feridos ligeiros e estradas cortadas no fogo de Tomar

Duas pessoas, um bombeiro e um civil, sofreram queimaduras ligeiras em Casal do Rei, no concelho de Vila Nova da Barquinha, durante o incêndio que deflagrou cerca das 13:00 no concelho de Tomar, disse à Lusa fonte da proteção civil.

RTV/SIC

Filipe Regueira, comandante da sala de operações do Comando Distrital de Operações de Socorro de Santarém, disse à Lusa que há ainda um terceiro ferido ligeiro, outro bombeiro, vítima de doença súbita não relacionada com o incêndio.

O fogo, que mantém três frentes ativas, alastrou a outros três concelhos -- além de Tomar, Abrantes, Constância e Vila Nova da Barquinha -, estando a ser combatido por 485 operacionais, ajudados por oito meios aéreos e 135 viaturas, disse a fonte.

A A23 e a A13 foram cortadas ao trânsito cerca das 18:00, a primeira entre o nó da Atalaia e o nó de Constância Sul e a segunda no primeiro nó à saída da A23 no sentido Torres Novas/Tomar, adiantou.

Filipe Regueira disse à Lusa que as corporações do distrito de Santarém estão a ser auxiliadas por reforços dos distritos de Lisboa, Setúbal, Évora, Portalegre, Castelo Branco, Leiria, Aveiro e Coimbra.

Segundo a informação disponível na página da Autoridade Nacional de Proteção Civil, o incêndio continua a arder com intensidade, com três frentes ativas em eucalipto, mato e zona agrícola e com vários pontos sensíveis nomeadamente perto de habitações, estando a ter muitas projeções.

O comandante de sala confirmou que arderam dois barracões agrícolas junto à povoação de Cafuz, considerada "a mais sensível".

A presidente da Câmara Municipal de Tomar, Anabela Freitas, que se deslocou ao posto de comando instalado no local, disse à Lusa que a prioridade está a ser colocada junto às zonas habitadas, estando a ser recomendado às populações que reguem os terrenos próximos das habitações.

Lusa

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.