sicnot

Perfil

País

Buscas em farmacêutica por suspeita de fraude

A Polícia Judiciária está a efetuar buscas ao grupo farmacêutico Bial, no âmbito de uma investigação de combate à fraude no Serviço Nacional de Saúde. Mais de uma centena de investigadores estão no terreno, numa operação de buscas de norte e a sul do país.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Mark Blinch / Reuters

A investigação está relacionada com uma certidão extraida da operação Remédio Santo, que terá lesado o Serviço Nacional de Saúde em vários milhões de euros.

O principal arguido desse processo e, segundo o que a SIC apurou, outras testemunhas terão denunciado alegadas práticas irregulares na venda de medicamentos por parte da Bial.


As investigações no âmbito do combate à criminalidade económica no ano passado permitiram detetar fraudes que lesaram o Estado português na área da saúde em 5,5 milhões de euros, segundo o Relatório Anual de Segurança Interna de 2014.

  • A fuga dos PIDES
    1:16

    Perdidos e Achados

    Ao final do dia 29 de Junho de 1975, 89 agentes da PIDE fugiam da cadeia de Vale de Judeus, em Alcoentre. Mais de 40 anos depois, Perdidos e Achados recupera um dos acontecimentos do Verão Quente em Portugal. Hoje no Jornal da Noite e conteúdos exclusivos no site.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa

  • Casa Madonna di Fatima em Roma é um lar de idosos com 9 irmãs portuguesas
    4:29

    Mundo

    A mais antiga igreja dedicada à Senhora de Fátima em Roma tem mais de 50 anos. Foi construída pelas franciscanas hospitaleiras do Imaculado Coração, uma congregação fundada em Portugal. Hoje, as religiosas portuguesas gerem um lar na mesma rua, mas o templo foi entregue a uma congregação italiana.