sicnot

Perfil

País

Jovem desaparecida em Guimarães estava na casa do par do baile de finalistas

A adolescente de 16 anos, de Guimarães, que foi esta quarta-feira localizada pela Polícia Judiciária em Paredes após ter desaparecido sexta-feira, estava na casa do seu par num baile de finalistas, informou esta quarta-feira a mãe.

A jovem estava desaparecida desde a noite de sexta-feira, após ter participado numa festa de final de ano letivo, e foi localizada em Paredes.

A jovem estava desaparecida desde a noite de sexta-feira, após ter participado numa festa de final de ano letivo, e foi localizada em Paredes.

Google Maps

Cristina Santos disse à Lusa que a filha confessou que "gosta" daquele jovem, de 20 anos.

No entanto, o jovem não terá assumido qualquer relação por em causa estar uma menor.

A mãe disse ainda que a filha alegou que andava a ser seguida por um rapaz e por um adulto com perto de 60 anos.

"Refugiou-se na casa daquele amigo, até para proteger a irmã, porque as duas andavam sempre juntas", acrescentou Cristina Santos.

A jovem estava desaparecida desde a noite de sexta-feira, após ter participado numa festa de final de ano letivo.

A PJ de Braga anunciou, em comunicado, que a localizou na zona de Paredes, sem que tenha apurado a prática de qualquer ilícito criminal.

Lusa

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15