sicnot

Perfil

País

Adiada leitura da sentença de Manuel "Palito"

Foi adiada novamente a leitura da sentença de Manuel "Palito", o homem acusado de matar duas mulheres a tiro.

LUSA

A defesa do homem pediu ao tribunal que fosse feita prova de que foram feitos quatro disparos e não três, como sempre alegou. 

Assim, foi marcada uma nova sessão para a próxíma terça-feira em que vão ser ouvidos vários peritos. 

Em Abril do ano passado, o homem de 54 anos matou a tia e a sogra em São João da Pesqueira e feriu com gravidade a filha e a ex-mulher. Só foi apanhado pelas autoridades depois de 34 dias em fuga. 

Está acusado de quatro crimes de homicidio qualificado, dois deles na forma tentada.

  • Defesa de Manuel "Palito" diz que o arguido nunca tentou matar a filha
    0:42

    País

    A leitura do acórdão de Manuel "Palito" foi adiada para o dia 10 de julho. O adiamento foi pedido pela defesa devido a uma alteração processual. O coletivo de juízes deu como provada a existência de quatro disparos, embora só existam provas físicas de três. A defesa do presumível homicida de São João da Pesqueira, que está acusado de ter assassinado duas mulheres e provocado ferimentos a outras duas, diz que o arguido nunca tentou matar a filha e, por isso, pediu um adiamento para responder a esta alteração.

  • Ministério Público pede a condenação máxima para "Manuel Palito"
    1:28

    País

    O Ministério Público pediu a condenação máxima para o homicida que, no ano passado, matou duas mulheres e feriu outras duas em São João da Pesqueira, num caso que se tornou mais mediático depois de uma fuga às autoridades que durou mais de um mês. A defesa de Manuel Palito alega que o arguido agiu por impulso e não quis matar a ex-mulher e a filha.

  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.