sicnot

Perfil

País

Conselho Nacional do PSD aprova listas de deputados no dia 30

O Conselho Nacional do PSD vai reunir-se no dia 30 para aprovar as listas de candidatos a deputados, cuja elaboração será coordenada por uma comissão presidida por Marco António Costa, disseram à Lusa dirigentes sociais-democratas.

Lusa

Hoje, a Comissão Política Nacional do PSD aprovou uma lista de critérios para a escolha dos candidatos a deputados, que irá levar à reunião do Conselho Nacional marcada para esta noite, num hotel de Lisboa.

No dia 30, os conselheiros nacionais sociais-democratas irão votar as listas da coligação PSD/CDS-PP "Portugal à Frente", já com a ordenação de lugares acertada entre os dois partidos.

A comissão que a direção nacional do PSD constituiu para a elaboração dessas listas, presidida pelo vice-presidente e porta-voz do partido Marco António Costa, inclui também o secretário-geral, José Matos Rosa, e o líder parlamentar, Luís Montenegro.

Segundo os Estatutos do PSD, compete à Comissão Política Nacional aprovar os critérios para a elaboração das listas de deputados à Assembleia da Republica e apresentar essas listas ao Conselho Nacional, órgão máximo entre congressos.

Compete também ao Conselho Nacional aprovar as linhas gerais do programa eleitoral - o que será feito na reunião de hoje - e aprovar a eventual participação do partido em coligações de âmbito nacional - o que, no caso da coligação com o CDS-PP para as próximas legislativas, aconteceu no dia 29 de abril.

Lusa

  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01
  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11
  • PSP descentraliza a regularização de armas
    3:55

    País

    A PSP de Bragança percorreu os 12 concelhos do distrito ao encontro dos proprietários de armas com vista à sua regularização. A iniciativa, que pretende evitar a deslocação das pessoas à capital de distrito, teve uma forte adesão.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.