sicnot

Perfil

País

Conselho Nacional do PSD aprova listas de deputados no dia 30

O Conselho Nacional do PSD vai reunir-se no dia 30 para aprovar as listas de candidatos a deputados, cuja elaboração será coordenada por uma comissão presidida por Marco António Costa, disseram à Lusa dirigentes sociais-democratas.

Lusa

Hoje, a Comissão Política Nacional do PSD aprovou uma lista de critérios para a escolha dos candidatos a deputados, que irá levar à reunião do Conselho Nacional marcada para esta noite, num hotel de Lisboa.

No dia 30, os conselheiros nacionais sociais-democratas irão votar as listas da coligação PSD/CDS-PP "Portugal à Frente", já com a ordenação de lugares acertada entre os dois partidos.

A comissão que a direção nacional do PSD constituiu para a elaboração dessas listas, presidida pelo vice-presidente e porta-voz do partido Marco António Costa, inclui também o secretário-geral, José Matos Rosa, e o líder parlamentar, Luís Montenegro.

Segundo os Estatutos do PSD, compete à Comissão Política Nacional aprovar os critérios para a elaboração das listas de deputados à Assembleia da Republica e apresentar essas listas ao Conselho Nacional, órgão máximo entre congressos.

Compete também ao Conselho Nacional aprovar as linhas gerais do programa eleitoral - o que será feito na reunião de hoje - e aprovar a eventual participação do partido em coligações de âmbito nacional - o que, no caso da coligação com o CDS-PP para as próximas legislativas, aconteceu no dia 29 de abril.

Lusa

  • Descida da TSU inconstitucional?
    2:37

    TSU

    Especialistas ouvidos pela SIC põem em causa a constitucionalidade da descida da Taxa Social Única dos patrões, como contrapartida pelo aumento do salário mínimo. Como se trata de um imposto pago pelas empresas, só o Parlamento pode decidir uma alteração nas taxas. Neste caso, o Governo decidiu sozinho.

  • Autocarro com seguranças atacado em Braga
    0:42

    Desporto

    Dois autocarros que transportavam elementos de uma empresa de segurança foram atingidos por tiros e pedras depois do jogo entre o Sporting de Braga e o Vitória de Guimarães. O ataque deu-se a poucos quilómetros do Estádio Municipal de Braga. A PSP e a PJ estiveram no local a recolher provas.