sicnot

Perfil

País

Conselho Nacional do PSD aprova listas de deputados no dia 30

O Conselho Nacional do PSD vai reunir-se no dia 30 para aprovar as listas de candidatos a deputados, cuja elaboração será coordenada por uma comissão presidida por Marco António Costa, disseram à Lusa dirigentes sociais-democratas.

Lusa

Hoje, a Comissão Política Nacional do PSD aprovou uma lista de critérios para a escolha dos candidatos a deputados, que irá levar à reunião do Conselho Nacional marcada para esta noite, num hotel de Lisboa.

No dia 30, os conselheiros nacionais sociais-democratas irão votar as listas da coligação PSD/CDS-PP "Portugal à Frente", já com a ordenação de lugares acertada entre os dois partidos.

A comissão que a direção nacional do PSD constituiu para a elaboração dessas listas, presidida pelo vice-presidente e porta-voz do partido Marco António Costa, inclui também o secretário-geral, José Matos Rosa, e o líder parlamentar, Luís Montenegro.

Segundo os Estatutos do PSD, compete à Comissão Política Nacional aprovar os critérios para a elaboração das listas de deputados à Assembleia da Republica e apresentar essas listas ao Conselho Nacional, órgão máximo entre congressos.

Compete também ao Conselho Nacional aprovar as linhas gerais do programa eleitoral - o que será feito na reunião de hoje - e aprovar a eventual participação do partido em coligações de âmbito nacional - o que, no caso da coligação com o CDS-PP para as próximas legislativas, aconteceu no dia 29 de abril.

Lusa

  • Parabéns! Portugal faz hoje 839 anos

    País

    É dia de cantar os parabéns. Portugal celebra esta quarta-feira 839 anos, depois de a 23 de maio de 1179 o Papa Alexandre III ter emitido a bula "Manifestis Probatum" onde reconhece o território como reino independente.

    SIC

  • Cachalote-pigmeu morreu pouco tempo depois de dar à costa em Lisboa
    1:13
  • Presidente da República apoia reforma "quanto antes" do Tribunal de Contas
    1:13

    País

    O Presidente da República defendeu esta manhã uma reforma do Tribunal de Contas para que se adeque a lei que prevê o controlo das entidades públicas. Para Marcelo Rebelo de Sousa, se a lei der melhores meios de controlo e for de mais rápida aplicação, vai dissuadir casos de má gestão de dinheiros públicos que acabam por resultar em crimes.

  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.