sicnot

Perfil

País

Jovem de 20 anos baleado em Lisboa junto ao Martim Moniz

Um homem, de 20 anos, foi este sábado baleado no Largo do Terreirinho, junto ao Martim Moniz, Lisboa, tendo a polícia detido o alegado agressor, disse à agência Lusa fonte do Comando Metropolitano de Lisboa.

O caso, ocorrido cerca das 10:00 e presenciado por testemunhas, foi entregue à Polícia Judiciária para posterior investigação. (Arquivo)

O caso, ocorrido cerca das 10:00 e presenciado por testemunhas, foi entregue à Polícia Judiciária para posterior investigação. (Arquivo)

Facebook

Segundo a mesma fonte, a vítima foi transportada para o Hospital de São José, com ferimentos de bala no abdómen e numa das pernas. Desconhece-se o motivo do crime.

O suspeito tem 25 anos, mas no momento da detenção não foi encontrada na sua posse a arma de fogo, a qual ainda está por localizar.

O caso, ocorrido cerca das 10:00 e presenciado por testemunhas, foi entregue à Polícia Judiciária para posterior investigação.

Lusa

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marcelo diz que é hora de valorizar o poder local
    0:40

    País

    O Presidente da República diz que este é o momento para valorizar o poder local. Sobre a descida da Taxa Social Única, Marcelo Rebelo de Sousa recusou comentar e negou que haja crispação politica entre Governo e oposição.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a lider da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleiçoes em vários países, como a Alemanha e a Holanda.