sicnot

Perfil

País

Homem que atropelou 13 pessoas em Portimão aguarda julgamento em liberdade

O homem que atropelou 13 pessoas na madrugada de domingo na Praia da Rocha, em Portimão, no Algarve, vai aguardar julgamento em liberdade, disse à Lusa fonte ligada ao processo.

Lusa

O homem, de 25 anos, foi ouvido durante a tarde em primeiro interrogatório judicial, tendo-lhe sido aplicada a medida de coação de apresentações periódicas às autoridades policiais.

Em declarações à Lusa, o advogado do arguido, revelou que o homem "está indiciado por um crime de condução sem habilitação legal, incorrendo ainda numa contraordenação por condução sob efeito do álcool, após ter sido registada uma taxa de 0,7 gramas por litro de sangue".

O advogado Padilha de Brito, acrescentou que o seu constituinte "não tem antecedentes criminais, e que está a frequentar aulas de condução, alegando perante o juiz a falta de travões da viatura".

"Ele disse que assustado pela interpelação da polícia, tentou travar mas que não conseguiu", indicou o advogado.

"Irei pedir uma peritagem às condições técnicas do veículo para se aferir de alguma irregularidade", sustentou o causídico.

De acordo com a PSP de Portimão, o homem entrou na sua viatura junto à discoteca Katedral, na Praia da Rocha, tendo atropelado as 13 pessoas enquanto se dirigia até à estrada principal da localidade.

Os 13 feridos foram assistidos no local e depois transportados de ambulância até à unidade hospitalar de Portimão, que pertence ao Centro Hospitalar do Algarve, onde dois deles foram considerados feridos graves mas sem perigo de vida.

Lusa

  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.