sicnot

Perfil

País

Buscas e duas detenções por suspeitas de desvio de subsídios

Está a decorrer uma operação da Policia Judiciária e Ministério Publico na zona da Grande Lisboa. Foram já feitas cerca de 20 buscas a empresas do grupo Lena. Dois empresários foram detidos, um deles pertence a este grupo empresarial. Em causa estão crimes de fraude na obtenção de subsídios e branqueamento de capitais.

A operação da PJ é dirigida pelo Departamento Central de investigação e Ação Penal e conta com a colaboração da Autoridade Tributária.

Presidem a algumas das buscas os dois juízes do Tribunal Central de Instrução Criminal.

Em comunicado, a Polícia Judiciária confirma a "detenção de duas pessoas pela presumível prática dos crimes de fraude na obtenção de subsídio e de branqueamento". Os detidos têm 50 e 54 anos de idade e "serão presentes às Autoridades Judiciárias competentes a fim de serem sujeitos a primeiro interrogatório judicial".

A nota adianta que "a investigação centra-se na atividade desenvolvida através de empresas portuguesas e espanholas, que obtiveram, de forma fraudulenta, subsídios de elevados montantes". O Estado terá sido prejudicado em "vários milhões de euros".

Esta operação em nada está ligada à operação Marquês.

  • Vala comum com 6 mil corpos em Mossul
    1:43
  • A menina que os pais queriam chamar "Allah"

    Mundo

    ZalyKha Graceful Lorraina Allah tem 22 meses, anda não sabe ler nem escrever mas já está no centro de um processo judicial contra o Estado da Georgia, nos EUA. Os pais, Elizabeth Handy e Bilal Walk, apoiados por uma ONG, exigem na justiça que o nome seja reconhecido na certidão de nascimento para que a criança possa ser inscrita na escola, na segurança social ou nos registos e notoriado. O casal já tem um filho de 3 anos que se chama Masterful Mosirah Aly Allah.