sicnot

Perfil

País

Condenado a 25 anos de prisão por matar mulher à machadada

Condenado a 25 anos de prisão por matar mulher à machadada

Foi condenado com pena máxima de prisão o homem que, no ano passado, matou a mulher à machadada em Vila Real. São 25 anos pelos crimes de homicídio qualificado e violência doméstica. Durante a leitura do acórdão, o juiz lembrou as mortes por violência doméstica que a Justiça não pode tolerar.

  • Companheiro suspeito de matar mulher à machadada
    1:44

    País

    É mais um caso de violência doméstica com um final trágico. Ontem ao fim da tarde, um homem terá matado a companheira com um machado em Vila Real. A polícia já tinha sido chamada à residência do casal no dia anterior e no dia do homicídio de manhã. Os familiares da vítima dizem que as autoridades deviam ter feito algo para evitar este desfecho.

  • Dois jovens atropelados mortalmente no concelho de Montemor-o-Velho
    2:20

    País

    Dois jovens com cerca de 20 anos foram ao final da tarde deste sábado atropelados mortalmente na freguesia de Arazede, concelho de Montemor-o-Velho. O repórter da SIC Miguel Ângelo Marques falou com o segundo comandante dos Bombeiros Voluntários de Montemor-o-Velho, Rui Coceiro, que revelou que as vítimas foram declaradas mortas ainda no local.

  • Presidente de "O Sonho" suspeito de peculato e fraude
    2:26

    País

    O presidente das três instituições de solidariedade social de Setúbal - incluindo "O Sonho" -, que na sexta-feira foram alvo de buscas, foi constituído arguido. Florival Cardoso é, por enquanto, o único suspeito de peculato e fraude na obtenção de subsídios para as instituições. Apesar de ter dito que se iria demitir, Florival Cardoso continua em funções.

  • Manifestação contra mina de urânio junta milhares em Salamanca
    1:39
  • Assalto a Tancos e roubo de armas da PSP podem estar relacionados
    1:24

    País

    O assalto a Tancos e o roubo de três armas da PSP, recuperadas na semana passada, podem estar relacionados. O semanário Expresso avança hoje que há suspeitos de terem participado nos dois assaltos e o grupo, ou parte dele, atua principalmente do Algarve, com possíveis ligações a outras organizações espalhadas pelo país ou até transacionais.

  • Casal português com protesto semelhante ao do filme "Três Cartazes à Beira da Estrada"
    3:23
  • Cessar-fogo de 30 dias na Síria
    2:07