sicnot

Perfil

País

Moto Clube de Faro espera menos pressão das autoridades sobre concentração

O presidente do Moto Clube de Faro (MCF), José Amaro, disse hoje esperar que haja uma menor pressão por parte das autoridades sobre os participantes da 34.ª concentração, a decorrer entre quinta-feira e domingo

25 mil motards deslocaram-se até Faro para a maior concentração de motos da Europa

25 mil motards deslocaram-se até Faro para a maior concentração de motos da Europa

No ano passado, o MCF enviou uma carta de protesto ao Ministério da Administração Interna contra "um determinado tipo de controlo repressivo em redor do evento e da cidade de Faro, pecando por exageros, excesso de zelo, atitudes persecutórias e obsessivas sobre os motociclistas, traduzidas em operações STOP sucessivas".

"Vamos a ver, com todas as conversas que houve, se a concentração de facto corre bem. Se não existe a pressão sobre os motociclistas que tem havido nos últimos anos", disse à agência Lusa José Amaro, acrescentando que a expectativa para esta edição é a de que haja 15 mil participantes.

O presidente do MCF sublinhou que "cada vez tem de haver mais esforço para se fazer a concentração, porque cada vez as exigências são maiores e as normas sobre a organização são cada vez mais".

O dirigente do clube lamentou, a propósito, que "qualquer dia, por este andar, o voluntariado esteja condenado", uma vez que são exigidas mais habilitações aos próprios voluntários, como encaminhar o trânsito.

José Amaro disse que a concentração deste ano está a ser preparada sem qualquer ajuda institucional, aguardando ainda um apoio por parte da Câmara Municipal de Faro.

O presidente do MCF deixou ainda o apelo: "Aos motociclistas, que tenham o máximo de cuidado na estrada, que venham até cá, desfrutem do que a gente organizou, do bom ambiente da concentração e que regressem a suas casas sem acidentes. Isso é a parte principal: vir e ir sem acidentes é uma grande vitória. Em relação às pessoas da cidade de Faro, o que esperamos é que acolham os motociclistas da mesma maneira que têm acolhido até agora, sempre simpática e calorosa".

A 34.ª Concentração de Motos de Faro volta esta semana ao Vale das Almas, em Faro, e tem como cabeças de cartaz musicais os britânicos The Stranglers e os portugueses Blind Zero, custando os bilhetes 45 euros para todos os dias.

Lusa

  • Fundador e baixista dos Iron Maiden estreia projeto a solo no Moto Clube de Faro
    2:04

    Cultura

    O baixista dos Iron Maiden, Steve Harris, estreou-se a solo ontem num concerto de beneficiência em Faro. O Músico quis que o primeiro concerto do projeto "British Lion" se realizasse no Moto clube de Faro e doou a receita dos 600 bilhetes à Cruz Vermelha. Depois do Algarve, o baixista sobe hoje ao palco no Hard Club no Porto e volta a Portugal no dia 29 de Maio com os Iron Maiden, no Pavilhão Atlântico.

  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa para receber dois beijos. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Letizia, uma rainha da nova geração
    2:01