sicnot

Perfil

País

PJ deteve casal estrangeiro por abuso de menor e tráfico de seres humanos

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quarta-feira a detenção de um casal de estrangeiros, residente em Ovar, suspeito de abusar sexualmente de uma menor de 17 anos e de a obrigar a praticar furtos.

Desde 1998 (ano em que o serviço foi criado) já chegaram mais 116 mil situações à Linha. Em 2014, recebeu 5799 novas situações. (Arquivo)

Desde 1998 (ano em que o serviço foi criado) já chegaram mais 116 mil situações à Linha. Em 2014, recebeu 5799 novas situações. (Arquivo)

SIC

Segundo um comunicado da PJ, os arguidos estão "fortemente" indiciados pela prática dos crimes de tráfico de seres humanos, abuso sexual de criança, maus tratos e falsificação de documentos.

A vítima é uma rapariga que terá sido retirada contra a sua vontade do seu seio familiar quando tinha apenas 12 anos, vindo a ser obrigada a viver uma relação marital.

Segundo a PJ, os suspeitos contaram com a cumplicidade da mãe da criança, que terá recebido uma quantia monetária para o efeito.

No mesmo comunicado, a PJ refere que a criança terá já vivenciado anteriormente um outro episódio de vitimização, quando tinha apenas dez anos, tendo sido entregue em circunstâncias semelhantes a uma outra família que a transportou para um outro país.

A criança terá sido então submetida durante um ano à prática da mendicidade forçada e terá sido forçada igualmente a manter uma relação marital contra a sua vontade, vindo a ser depois restituída à progenitora.

"Em Portugal, a menor tinha a seu cargo toda a lide doméstica da casa, incluindo zelar pelos cuidados de cinco filhos menores dos suspeitos, para além de ser por estes obrigada a praticar furtos em alguns estabelecimentos comerciais", refere o comunicado.

Ainda de acordo com os investigadores, a não concretização dos furtos que lhe eram solicitados, ou o não cumprimento atempado de todas as tarefas domésticas de que era incumbida, tinham como consequência o espancamento da menor com um bastão, um instrumento de agressão que veio a ser apreendido pela Polícia.

Os detidos, de 36 e 37 anos, sem atividade profissional conhecida, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Lusa

  • Libertados suspeitos de rapto e abuso sexual de menor em Almada
    1:49

    País

    Os três jovens que estavam em prisão preventiva, por suspeitas de rapto e abuso sexual de uma adolescente, em Almada, foram esta quarta-feira libertados. A jovem terá sido atacada duas vezes, no espaço de um ano, por colegas de escola. O caso está em julgamento e foi o próprio Ministério Público a propôr uma medida de coação menos grave, por entender que faltam provas dos crimes mais graves.

  • Número de mortos nos incêndios sobe para 43

    País

    Os incêndios florestais que deflagraram no domingo em várias zonas do país provocaram 43 mortos, disse esta quinta-feira à Lusa a adjunta do comando nacional da Autoridade Nacional de Proteção Civil (ANPC), Patrícia Gaspar. Trata-se de um homem que foi encontrado esta quinta-feira.

  • Casas de Luís Filipe Vieira e Pedro Guerra foram alvo de buscas
    2:39

    Desporto

    O caso dos emails levou esta quinta-feira a Polícia Judiciária a fazer buscas no Estádio da Luz e nas casas de Luís Filipe Vieira, o comentador Pedro Guerra e Paulo Gonçalves, o assessor jurídico do clube das águias. O advogado foi constituído arguido, mas só porque um advogado para ser alvo de buscas precisa de ser arguido.

  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos da Liga Europa
    1:48
  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC