sicnot

Perfil

País

PJ deteve casal estrangeiro por abuso de menor e tráfico de seres humanos

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou esta quarta-feira a detenção de um casal de estrangeiros, residente em Ovar, suspeito de abusar sexualmente de uma menor de 17 anos e de a obrigar a praticar furtos.

Desde 1998 (ano em que o serviço foi criado) já chegaram mais 116 mil situações à Linha. Em 2014, recebeu 5799 novas situações. (Arquivo)

Desde 1998 (ano em que o serviço foi criado) já chegaram mais 116 mil situações à Linha. Em 2014, recebeu 5799 novas situações. (Arquivo)

SIC

Segundo um comunicado da PJ, os arguidos estão "fortemente" indiciados pela prática dos crimes de tráfico de seres humanos, abuso sexual de criança, maus tratos e falsificação de documentos.

A vítima é uma rapariga que terá sido retirada contra a sua vontade do seu seio familiar quando tinha apenas 12 anos, vindo a ser obrigada a viver uma relação marital.

Segundo a PJ, os suspeitos contaram com a cumplicidade da mãe da criança, que terá recebido uma quantia monetária para o efeito.

No mesmo comunicado, a PJ refere que a criança terá já vivenciado anteriormente um outro episódio de vitimização, quando tinha apenas dez anos, tendo sido entregue em circunstâncias semelhantes a uma outra família que a transportou para um outro país.

A criança terá sido então submetida durante um ano à prática da mendicidade forçada e terá sido forçada igualmente a manter uma relação marital contra a sua vontade, vindo a ser depois restituída à progenitora.

"Em Portugal, a menor tinha a seu cargo toda a lide doméstica da casa, incluindo zelar pelos cuidados de cinco filhos menores dos suspeitos, para além de ser por estes obrigada a praticar furtos em alguns estabelecimentos comerciais", refere o comunicado.

Ainda de acordo com os investigadores, a não concretização dos furtos que lhe eram solicitados, ou o não cumprimento atempado de todas as tarefas domésticas de que era incumbida, tinham como consequência o espancamento da menor com um bastão, um instrumento de agressão que veio a ser apreendido pela Polícia.

Os detidos, de 36 e 37 anos, sem atividade profissional conhecida, vão ser presentes a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Lusa

  • Libertados suspeitos de rapto e abuso sexual de menor em Almada
    1:49

    País

    Os três jovens que estavam em prisão preventiva, por suspeitas de rapto e abuso sexual de uma adolescente, em Almada, foram esta quarta-feira libertados. A jovem terá sido atacada duas vezes, no espaço de um ano, por colegas de escola. O caso está em julgamento e foi o próprio Ministério Público a propôr uma medida de coação menos grave, por entender que faltam provas dos crimes mais graves.

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.