sicnot

Perfil

País

Passos recusa responder na "mesma moeda" a António Costa

Passos recusa responder na "mesma moeda" a António Costa

O primeiro-ministro recusa comentar na "mesma moeda" as críticas feitas hoje por António Costa. Passos Coelho diz apenas que o debate político deve ser feito a outro nível. O secretário-geral do PS disse que "o primeiro-ministro não aprendeu nada com os erros que cometeu".

  • "O primeiro-ministro não aprendeu nada com os erros que cometeu"
    1:37

    País

    O líder do PS diz que o primeiro-ministro não tem noção da realidade e está numa espécie de vício do engano. É a reação de António Costa à entrevista de ontem de Pedro Passos Coelho, à SIC.Sobre uma eventual aproximação do PS à coligação de direita, António Costa fala em pesadelo e diz mesmo que os portugueses vivem no terror deste governo manter-se no poder.

  • "É muito importante para Portugal que haja estabilidade política"
    3:18

    País

    Passos Coelho defende que das próximas legislativas deve resultar um "ganhador inequívoco", com maioria absoluta para governar, quer seja a maioria ou o PS. O primeiro-ministro frisa que não está garantida uma vitória dos socialistas nas eleições e apela ao voto útil na coligação, em nome da estabilidade do país.

  • As palavras mais repetidas nas entrevistas de Passos e Costa

    País

    O que mais se ouviu durante a entrevista do primeiro-ministro, ontem à SIC? "Governo" e "Partido Socialista" foram as palavras mais proferidas por Passos Coelho, que também muito referiu a Grécia. Em comparação, "rendimento" foi o termo mais usado por António Costa, há cerca de três semanas, quando passou pelo Jornal da Noite.

  • Suspeito de atropelamento mortal na Luz confessou que esteve no local
    0:45
  • Corrida à Agência Europeia Medicamento "não é fácil", admite Costa
    0:50

    Brexit

    António Costa confirmou a apresentação da candidatura para a transferência da agência europeia do medicamento de Londres para Portugal. À margem da cimeira extraordinário sobre o Brexit, o primeiro-ministro salientou a importância da instalação do instituto no país para reforçar a competitividade no setor