sicnot

Perfil

País

Ramalho Eanes diz que é tempo de "despertar e reabilitar a cidadania"

O antigo Presidente da República Ramalho Eanes declarou esta quarta-feira que chegou o tempo de "despertar e reabilitar a cidadania", e elogiou Sampaio da Nóvoa por ser um candidato presidencial "livre de compromissos partidários".

Ramalho Eanes falava no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, onde decorreu a apresentação a Comissão de Candidatura de Sampaio da Nóvoa na corrida às Presidenciais de 2016.

Ramalho Eanes falava no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, onde decorreu a apresentação a Comissão de Candidatura de Sampaio da Nóvoa na corrida às Presidenciais de 2016.

PEDRO NUNES / Lusa

"Agora tempo é de despertar e reabilitar a cidadania, passar do amorfismo, que espera, aceita, não julga, não reivindica nem condena a política e os políticos, reabilitar, conjuntamente, a sociedade civil e as suas diversas organizações, para a participação sistemática, empenhada e responsável, que se informa, esclarece", declarou o antigo chefe de Estado.

Ramalho Eanes falava no Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, onde decorre a apresentação a Comissão de Candidatura de Sampaio da Nóvoa na corrida às presidenciais de 2016.

Sampaio da Nóvoa, disse Eanes, é um homem "descomprometido" com as "elites político-partidárias, primeiras responsáveis" pela "nefasta situação" de Portugal, e "compromissos não tem com os 'lobbies' que têm desestruturado o Estado, a economia, destruído a unidade popular indispensável à mobilização conjunta de um povo no processo de renovação modernizadora do país".

Para o antigo chefe de Estado, o anunciado candidato presidencial "entende que a renovação da democracia, enquanto forma e fim da sociedade moderna, passa pela sociedade civil e pela cidadania, que devem ser, e são, considerados, por todos, como fruto da inspiração criativa e motivo de dinâmica expressão, de democracia das liberdades, de igualdade na dignidade, de apreço civil pelo mérito".

Também Mário Soares e Jorge Sampaio, antigos Presidentes, demonstraram já o seu apoio à candidatura do ex-reitor da Universidade de Lisboa, com Sampaio a enviar uma mensagem em formato vídeo transmitida perante as centenas de pessoas presentes na iniciativa desta noite.

Jorge Sampaio definiu a candidatura de Sampaio da Nóvoa como "portadora de uma amplitude nacional" e que motiva a "reflexão, dinamismo, capacidade crítica e impulso renovador" do país.

O antigo reitor "reage contra a crise e o desalento", acrescentou o antigo chefe de Estado.

E concluiu assim a sua mensagem: "Precisamos da lucidez e visão de António Sampaio da Nóvoa".

Lusa

  • Biológicos nas escolas e nos telemóveis

    País

    O Governo vai criar o Dia Nacional da Alimentação Biológica e uma estratégia que passa por distribuir produtos biológicos nas escolas e criar uma aplicação móvel para os portugueses poderem localizar unidades de produção ou comercialização de produtos biológicos, segundo a Estratégia Nacional que será hoje apresentada.

  • Primeiro-ministro holandês liga a Costa para explicar palavras de Dijsselbloem
    2:23

    País

    António Costa pediu que Djisselbloem desaparecesse da Presidência do Eurogrupo. Após esta tomada de posição, o primeiro-ministro holandês ligou para Costa na semana passada a dar explicações. Contudo, o primeiro-ministro português não recua e volta a dizer que Dijsselbloem não tem condições para continuar, na sequência das declarações sobre copos e mulheres. Os eurodeputados do Partido Popular Europeu reforçaram também esta terça-feira o pedido de demissão.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Novo vídeo do Daesh mostra crianças a treinar para matar
    3:35
  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho

  • Trump propõe cortes orçamentais para pagar muro

    Mundo

    O Presidente dos Estados Unidos está a propor cortes de milhões de dólares no orçamento para que os contribuintes norte-americanos, e não o México, paguem o muro a construir na fronteira entre os dois países.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.