sicnot

Perfil

País

Helicóptero aterra de emergência devido a avaria em Odemira

Um helicóptero aterrou de emergência devido a uma avaria, mas sem causar danos pessoais, durante o combate ao incêndio florestal que lavra desde o início da tarde de hoje em Odemira, no Baixo Alentejo, segundo os bombeiros.

Odemira

Odemira

Google Maps

Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Beja adiantou à agência Lusa que uma bombeira foi transportada de ambulância para o Centro de Saúde de Castro Verde, devido a intoxicação pelo fumo, mas o seu estado não é grave.

Durante o combate às chamas, um dos helicópteros fez uma aterragem de emergência, devido a uma avaria, mas sem causar quaisquer danos pessoais, referiu a fonte.

O incêndio, para o qual foi dado alerta às 13:34, está a destruir uma área de eucaliptos, sobreiros, mato e pasto na zona de Corte Malhão, na freguesia de S. Martinho das Amoreiras.

Segundo a fonte dos CDOS de Beja, o fogo, às 18:00, continuava ativo com duas frentes, estando as operações de combate a "evoluir favoravelmente".

À mesma hora, o dispositivo de combate às chamas mobilizava um total de 173 operacionais, com o apoio de 59 viaturas, dois aviões bombardeiros e de quatro helicópteros.

Para o ´teatro de operações` também já foram mobilizados grupos de reforço oriundos de outros distritos do país.

Lusa

  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".

  • O regresso a casa depois do incêndio no Sardoal
    2:43
  • Cerca de 20 mil portugueses vivem em Barcelona
    1:44