sicnot

Perfil

País

Inspeção Geral de Finanças denuncia irregularidades no Cofre de Previdência

A Inspeção Geral de Finanças (IGF) participou ao Banco de Portugal e à Polícia Judiciária a prática de ilícitos criminais no Cofre de Previdência dos funcionários públicos, após ter realizado uma auditoria à instituição.

A medida constitui a primeira alteração à Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas. (Arquivo)

A medida constitui a primeira alteração à Lei Geral do Trabalho em Funções Públicas. (Arquivo)

SIC

"Face à atividade financeira de concessão de crédito e à prática de ilícitos criminais, foram efetuadas participações ao Banco de Portugal e à Polícia Judiciária", afirma a IGF numa síntese sobre a auditoria publicada hoje na sua página de internet.

Na sexta-feira, a Polícia Judiciária e o Ministério Público efetuaram buscas às instalações do Cofre de Previdência dos Funcionários e Agentes do Estado, em Lisboa, por suspeitas dos crimes de participação económica em negócio e peculato.

Na síntese divulgada, a IGF diz que a auditoria ao Cofre de Previdência dos Funcionários e Agentes do Estado "teve como objetivos gerais comprovar se esta entidade cumpre a finalidade para que foi criada, apreciar a respetiva atividade financeira e gestionária e avaliar os mecanismos de controlo interno e de salvaguarda do interesse público e dos associados".

Segundo as conclusões da auditoria, o Cofre "apresenta um desvio significativo da principal finalidade para que foi criado pelo Decreto-Lei n.º 465/76, de 11 de junho, de concessão de benefícios sociais a associados. Atualmente desenvolve atividades diversas e não previstas nos respetivos estatutos, incluindo de natureza imobiliária, turística e financeira, esta última em violação da lei".

A auditoria verificou "atos que colocam em causa os interesses patrimoniais dos associados e que conduzem ao acréscimo significativo dos custos de funcionamento, designadamente o aumento do número de trabalhadores e respetivas remunerações, o crescimento dos encargos com imóveis e dos custos com empréstimos".

"Identificaram-se atos administrativos com vícios suscetíveis de afetar a respetiva validade e indícios da prática de atos ilegais por parte dos membros dos órgãos sociais do Cofre, designadamente burla, participação económica em negócio e abuso de poder, os quais podem originar responsabilidades criminal e financeira", é referido ainda nas conclusões da auditoria.

Além de ter denunciado a situação às autoridades, a IGF formulou propostas "no sentido de salvaguardar o património do Cofre e os interesses dos associados".

O Cofre "é uma instituição de previdência social, de utilidade pública, constituída por associados, que são ou foram trabalhadores da função pública", sendo o seu conselho de administração presidido por Américo Tomé Jardim.

Lusa

  • PJ apreende vários documentos do Cofre da Previdência
    1:36

    País

    A Polícia Judiciária apreendeu hoje vários documentos do Cofre da Previdência dos funcionários e agentes do Estado. Foram mais de oito horas de buscas. O presidente da instituição foi o principal visado. As suspeitas são de peculato e participação económica em negócio.

  • Presidente do Cofre de Previdência é suspeito de corrupção
    1:10

    País

    O presidente do Cofre de Previdência dos funcionários e agentes do Estado foi interrogado esta tarde por um juíz de instrução criminal. Tomé Jardim vai voltar para a aplicação das medidas de coação. É suspeito de vários crimes, incluindo corrupção e abuso de poder.

  • Leão de Ouro de Souto de Moura faz "muito bem à alma" dos portugueses
    1:53
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49
  • Chamas do incêndio no Europa Park na Alemanha atingiram os 15 metros de altura
    0:57