sicnot

Perfil

País

Quase 200 operacionais e sete meios aéreos combatem fogo na Covilhã

Quase 200 bombeiros e sete meios aéreos estão envolvidos no combate a um fogo de grande intensidade que deflagrou hoje à tarde em Verdelhos, concelho da Covilhã, segundo o Comando Distrital de Operações e Socorro (CDOS) de Castelo Branco.

Arquivo EPA

Arquivo EPA

EPA

"É um incêndio que se mantém ativo, que está a em duas frentes e que está a arder com muita violência em zona de povoamento florestal, nomeadamente pinhal adulto", disse à agência Lusa o comandante operacional distrital, Rui Esteves, que às 18:45 continuava a acompanhar no local o combate às chamas.

Segundo o responsável, àquela hora o incêndio não ameaçava localidades, devido "ao excelente trabalho desenvolvido pelos bombeiros junto à localidade de Sarzedo".

O "vento forte" e a "falta de acessos para veículos" têm estado a dificultar o trabalho dos bombeiros, acrescentou.

De acordo com os dados fornecidos pelo CDOS, o fogo deflagrou às 14:47 numa zona de mato, na localidade de Verdelhos.

Às 19:00 estavam envolvidos no combate às chamas 197 operacionais de vários corporações dos distritos da Guarda, Castelo Branco, Portalegre e Santarém, auxiliados por 63 veículos e por sete meios aéreos, designadamente um helicóptero, dois aviões pesados e quatro aviões médios.

Lusa

  • Sporting de Braga eliminado da Liga Europa
    2:01
  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalaram-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.