sicnot

Perfil

País

Ciências da vida tem maior aumento de vagas na primeira fase de acesso ao superior

A área formativa de ciências da vida é aquela que regista o maior aumento no número de vagas disponíveis na 1.ª fase de acesso ao ensino superior, marcada pela estabilidade na oferta em relação ao ano anterior.

A primeira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior arrancou  a 17 de julho e decorre até 08 de agosto, com 50.820 vagas a concurso, um  número que não era tão baixo desde 2008.

A primeira fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior arrancou  a 17 de julho e decorre até 08 de agosto, com 50.820 vagas a concurso, um  número que não era tão baixo desde 2008.

© Susana Vera / Reuters

De acordo com os dados divulgados hoje pela Direção-Geral do Ensino Superior (DGES), os cursos da área de ciências da vida têm um aumento de 110 vagas nas instituições de ensino superior públicas em relação a 2014, subindo de 2.091 para 2.201 vagas.

Entre as áreas que cresceram destacam-se também as ciências sociais e de comportamento, com um aumento no número de vagas de 3.728 em 2014 para 3.803 em 2015.

A tendência, no entanto, em relação ao último ano é a de oscilações muito ligeiras, tanto nos casos em que houve um aumento da oferta, como nos em que houve uma redução.

Engenharia e técnicas afins, com 9.037 vagas (17,7% do total), ciências empresariais, com 7.686 vagas (15% do total) e saúde, com 6.656 vagas (13% do total), mantêm-se, tal como em 2014, como as áreas de formação com mais vagas disponíveis.

Engenharia, que regista um aumento de 15 vagas em relação ao ano anterior, tem sido das áreas que menos alunos coloca na 1.ª fase do concurso de acesso nos últimos anos.

Em 2014, o presidente do conselho coordenador dos politécnicos -- as instituições que mais alunos de engenharia têm perdido -- avançava como hipótese para a fraca procura e colocação nestes cursos o facto de as médias nos exames de Matemática, prova de acesso para esta área, serem muito baixas, ficando geralmente abaixo do limiar da positiva.

O conselho coordenador chegou mesmo a propor que o regime de acesso aos politécnicos pudesse ser diferenciado, retirando peso ao exame nacional na nota de entrada no ensino superior, mas a proposta foi mal recebida por algumas instituições e pelos alunos.

A subida da média no exame nacional de Matemática este ano para 12 valores pode indiciar, no entanto, uma maior facilidade no acesso a estes cursos e alterações no número de vagas ocupadas.

No despacho orientador de fixação de vagas para o ensino superior para o ano letivo de 2015-2016 o Governo recomendava às instituições um aumento do número de vagas nas áreas de ciências da vida ciências físicas, matemática e estatística, informática e engenharia e técnicas afins.

Apenas em ciências físicas e informática não se registou um aumento. Informática deixou por preencher em 2014 mais de metade das vagas levadas a concurso na 1.ª fase e tem vindo a ser, nos últimos anos, cada vez uma 1.ª opção dos candidatos ao ensino superior.

Os dados divulgados pela DGES permitem ainda perceber, numa análise ao número de vagas disponibilizadas nos últimos quatro anos, entre 2012 e 2015, que a área da formação de professores e ciências da educação foi aquela que ao longo desse período mais vagas perdeu: das 1.468 vagas disponíveis em 2012 restam agora 1.194, uma quebra de cerca de 18,7%.

Arquitetura e construção, área onde se incluem os cursos de engenharia civil, sofreu uma perda ainda mais acentuada, com uma quebra de quase 25% nas vagas disponíveis: 2.745 em 2012 para 2.073 em 2015.

Serviços pessoais, jornalismo e informação e proteção do ambiente são outras áreas que reduziram a sua oferta nos últimos quatro anos.

Lusa

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • "A isto chama-se pura hipocrisia"
    1:13

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho classifica a atuação do Governo na gestão da Caixa Geral de Depósitos como um "manual de cinismo político insuportável", declarações feitas pelo líder do PSD durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa.

  • O momento em que Trump quis ser um camionista

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump reuniu-se esta quinta-feira com representantes da indústria de camionagem. Não é apenas do encontro que lhe falamos, mas principalmente da invulgar receção feita por Trump, que entrou para um camião, fingiu que o conduzia e buzinou... em pleno jardim da Casa Branca.

  • FBI investiga possível campanha de espiões russos contra Hillary
    0:57

    Mundo

    A suspeita de ligação entre a equipa de Donald Trump e operacionais russos está a aumentar. A CNN diz que a equipa do Presidente do Estados Unidos da América se coordenou com os russos para atingir Hillary Clinton. O FBI está a investigar registos telefónicos, de viagens, relatórios e transações para offshores.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • O edifício mais longo do mundo

    Mundo

    Se pensa que já viu tudo em relação aos edifícios mais longos e complexos do mundo, pense duas vezes. O edifício mais longo do mundo pode estar prestes a chegar e promete fazer de Nova Iorque uma cidade ainda mais atrativa.