sicnot

Perfil

País

Cinco checos desaparecidos no Líbano

Cinco cidadãos checos e o seu motorista libanês estão dados como desaparecidos desde sexta-feira à noite no Líbano, estando o caso a ser investigado pelas autoridades locais, noticiou hoje a Efe.

A agência noticiosa espanhola adianta que a Rádio Líbano noticiou hoje que os cinco checos desaparecidos são jornalistas.

Um porta-voz do governo da República Checa confirmou no sábado o desaparecimento dos cidadãos e do motorista libanês, escusando-se, contudo, a adiantar mais detalhes deste desaparecimento que, de acordo com a Efe, parece tratar-se de um sequestro.

A viatura em que viajavam os desaparecidos foi encontrada no sábado, perto de Kefraya, na região de Bekaa, no leste do Líbano.

De acordo com a polícia e forças de segurança libanesas, foram encontrados dentro do carro os passaportes, dinheiro e câmaras.

O jornal As Safir informou hoje que os desaparecidos foram raptados para troca por Ali Fayad, detido na República Checa por tráfico de armas.

Este não é primeiro caso de estrangeiros que desaparecem no Líbano. Em 2011, sete ciclistas da Estónia foram raptados no vale de Bekaa e libertados quatro meses depois.

Lusa

  • Oceanário de Lisboa dá formação sobre impacto da acumulação de plásticos nos oceanos
    2:37
  • Trump e Netanyahu discutiram "ameaças que o Irão coloca"

    Mundo

    O novo Presidente norte-americano, Donald Trump, e o primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, debateram "as ameaças que o Irão coloca" e concordaram que a paz israelo-palestiniana só pode ser "negociada diretamente", anunciou este domingo a Casa Branca.