sicnot

Perfil

País

Doente em estado grave morre após acidente de ambulância em Évora

Uma idosa de 85 anos, que era transportada em "estado crítico" numa ambulância dos bombeiros, morreu após uma colisão com um ciclomotor, na segunda-feira à noite em Évora, disse hoje fonte dos bombeiros.

(SIC/ Arquivo)

(SIC/ Arquivo)

A fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Évora adiantou à agência Lusa que o acidente, cujo alerta foi dado às 23:38, ocorreu, na Estrada Nacional (EN) 114, junto à saída de Évora para Montemor-o-Novo.

Contactado pela Lusa, o comandante dos Bombeiros de Évora, Rogério Santos, explicou que a doente não morreu por causa do acidente, uma vez que já estava em "estado crítico" e em "paragem cardiorrespiratória".

A idosa tinha sido transferida do Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) para o Hospital de Santa Marta, em Lisboa, devido a problemas cardíacos, acrescentou.

Segundo a fonte do CDOS, o condutor do motociclo, um jovem de 17 anos, sofreu ferimentos leves e foi transportado para as urgências do HESE.

As operações de socorro envolveram 14 bombeiros da corporação de Évora, apoiados por cinco veículos, além de uma viatura médica de emergência e reanimação (VMER) e a PSP.

Lusa

  • Dono de submarino é o único suspeito da morte de jornalista sueca
    1:51

    Mundo

    A polícia dinamarquesa confirmou que o corpo decapitado encontrado junto ao mar, perto de Copenhaga, é o da jornalista sueca desaparecida há mais de 10 dias. Kim Wall estava a fazer uma reportagem sobre um submarino artesanal com o criador, que é agora o principal suspeito do crime. Parte do corpo foi encontrada na segunda-feira e identificada através de exames de ADN.