sicnot

Perfil

País

Gulbenkian distingue médico congolês que assistiu mais de 20 mil vítimas de violação

Gulbenkian distingue médico congolês que assistiu mais de 20 mil vítimas de violação

A Fundação Calouste Gulbenkian assinalou os 60 anos da morte do fundador com a entrega do prémio Gulbenkian a um médico congolês. O ginecologista dedica a vida a assistir mulheres e crianças vítimas de violação, na República Democrática do Congo.