sicnot

Perfil

País

Irmão de montanhista desaparecido vai a Espanha preparar recomeço das buscas

Um irmão do montanhista português João Marinho, desaparecido em novembro do ano passado nos Picos da Europa, Espanha, disse hoje à Lusa que vai partir quarta-feira para aquela região, para preparar o reinício das buscas.

"Vamos ver como estão as coisas, fazer o ponto da situação e ver se a neve já derreteu", contou Pedro Marinho, acrescentando que irá acompanhado, a partir do Porto, de um dos mais experientes alpinistas portugueses.

Os dois vão permanecer nos Picos da Europa até quinta-feira, dia em que se prevê o regresso a Portugal.

O atleta português João Marinho, natural de Amarante, desapareceu no início de novembro.

Apesar de vários dias de buscas das autoridades espanholas e portuguesas não foram encontrados quaisquer vestígios.

O irmão disse hoje que no dia 31 vão ser retomadas as buscas pelas autoridades espanholas, com muitos meios no terreno.

Por isso, no dia 30, os dois portugueses devem regressar às montanhas onde se julga ter desaparecido João Marinho, para acompanhar a missão.

Nos últimos dias, acrescentou o familiar, têm sido realizadas algumas buscas por particulares e pela Guarda Civil espanhola, mas nada foi encontrado.

As últimas fotografias de João Marinho nas redes sociais Facebook e Instagram datam de 04 de novembro de 2014 e nelas o "aventureiro" português aparece com o equipamento de montanha e com os Picos da Europa ao fundo.

Lusa

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.