sicnot

Perfil

País

Irmão de montanhista desaparecido vai a Espanha preparar recomeço das buscas

Um irmão do montanhista português João Marinho, desaparecido em novembro do ano passado nos Picos da Europa, Espanha, disse hoje à Lusa que vai partir quarta-feira para aquela região, para preparar o reinício das buscas.

"Vamos ver como estão as coisas, fazer o ponto da situação e ver se a neve já derreteu", contou Pedro Marinho, acrescentando que irá acompanhado, a partir do Porto, de um dos mais experientes alpinistas portugueses.

Os dois vão permanecer nos Picos da Europa até quinta-feira, dia em que se prevê o regresso a Portugal.

O atleta português João Marinho, natural de Amarante, desapareceu no início de novembro.

Apesar de vários dias de buscas das autoridades espanholas e portuguesas não foram encontrados quaisquer vestígios.

O irmão disse hoje que no dia 31 vão ser retomadas as buscas pelas autoridades espanholas, com muitos meios no terreno.

Por isso, no dia 30, os dois portugueses devem regressar às montanhas onde se julga ter desaparecido João Marinho, para acompanhar a missão.

Nos últimos dias, acrescentou o familiar, têm sido realizadas algumas buscas por particulares e pela Guarda Civil espanhola, mas nada foi encontrado.

As últimas fotografias de João Marinho nas redes sociais Facebook e Instagram datam de 04 de novembro de 2014 e nelas o "aventureiro" português aparece com o equipamento de montanha e com os Picos da Europa ao fundo.

Lusa

  • Negócios do Fogo
    22:00
  • Direção da Raríssimas na Madeira demitiu-se em setembro
    1:58

    País

    Três representantes da Raríssimas na ilha da Madeira demitiram-se, em setembro, de costas voltas para a direção. A delegação da instituição na ilha começou em 2015 e fechou com as três demissões. Em entrevista à SIC, uma das antigas delegadas afirmou que todos os fundos angariados foram para a sede, em Lisboa, ficando depois sem dinheiro para pagar as despesas.

  • Deputado do PSD recusa vice-presidência da Raríssimas
    1:58

    País

    Nas reações políticas ao caso da Raríssimas, o PSD e CDS dizem que é preciso acionar todos os mecanismos legais apropriados para averiguar a situação. O deputado social-democrata, Ricardo Baptista Leite, que tinha sido convidado recentemente para vice-presidente da instituição, diz que já não há condições para tomar posse.

  • Turistas aproveitam nevão na Serra da Estrela
    1:23
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59
  • Dezenas de feridos em protestos contra decisão de Trump em Israel
    1:55
  • A brincadeira de um youtuber que podia ter acabado mal

    Mundo

    Um jovem youtuber inglês enfiou a cabeça num saco de plástico, prendeu-a na parte interna de um microondas e encheu depois o eletrodoméstico com cimento. A brincadeira, que podia ter acabado de forma trágica, deixou o jovem completamente preso e obrigou à intervenção dos serviços de emergência.

    SIC

  • "Popeye" russo pode ter que amputar braços

    Mundo

    Um jovem russo injetou um óleo no corpo para conseguir ter músculos, mais propriamente nos seus braços, que já cresceram cerca de 25 centímetros. Contudo, segundo um médico, o procedimento pode levar à necessidade de amputação, deixando o jovem sem os membros.