sicnot

Perfil

País

Morte de bebé na Maternidade Alfredo da Costa sob investigação

Um bebé morreu na Maternidade Alfredo da Costa, em Lisboa, em circunstâncias que levaram a mãe a apresentar uma queixa.

A Maternidade Alfredo da Costa considera que foram seguidas as regras de boa prática clínica. Ainda assim, anunciou que abriu um inquérito para apurar o que se passou. (Arquivo)

A Maternidade Alfredo da Costa considera que foram seguidas as regras de boa prática clínica. Ainda assim, anunciou que abriu um inquérito para apurar o que se passou. (Arquivo)

SIC

A mulher diz que pediu várias vezes para fazer uma cesariana, devido ao peso do filho: 4,7 quilogramas.

O bebé acabou por nascer de parto natural com a ajuda de fórceps e ventosa. Ainda foi levado para os Cuidados Intensivos mas não terá resistido aos ferimentos no crânio provocados pelos instrumentos.

A família não se conforma e decidiu apresentar queixa por negligência médica.

A Maternidade Alfredo da Costa considera que foram seguidas as regras de boa pratica clínica. Ainda assim, anunciou que abriu um inquérito para apurar o que se passou.

  • O que o mundo diz sobre o busto de Cristiano Ronaldo

    Desporto

    O Aeroporto Cristiano Ronaldo foi inaugurado esta quarta-feira. A notícia foi dada pelos meios de comunicação de todo o mundo, que não deixaram passar o busto do jogador português, apresentado pelo próprio. A estátua foi amplamente comentada e analisada, com palavras como "terrível", "duvidoso" e "bizarro".

    Ana Rute Carvalho

  • Mulher detida ao tentar atropelar polícias junto ao Capitólio, em Washington

    Mundo

    Agentes da polícia abriram fogo contra uma mulher (e não um homem, ao contrário do que inicialmente se disse) que conduzia um carro perto do Capitólio e tentava atropelá-los, segundo o Departamento da Polícia Metropolitana de Washington. A mulher foi detida mas a polícia garante que não se tratou de um ato terrorista.

  • A rã que brilha no escuro
    2:08
  • Indonésio encontrado dentro de cobra pitão

    Mundo

    Akbar Salubiro, de 25 anos, esteve perto de 24 horas desaparecido na remota ilha indonésia de Sulawesi. Acabou por ser encontrado um dia depois, no jardim da própria casa, dentro de uma pitão de 7 metros.