sicnot

Perfil

País

GNR fez 45 detenções este ano em ações de vigilância das zonas florestais

A GNR efetuou 45 detenções desde o início do ano em ações de patrulhamento e vigilância das zonas florestais, registando mais 26 detidos do que em igual período de 2014, informou esta quarta-feira a GNR.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Os dados, recolhidos entre 1 de janeiro e 19 de julho, indicam ainda que 607 pessoas foram identificadas (mais 300 do que em 2014) e o número de ocorrências de incêndio foi de 11.868 (mais 6.953 do que no ano anterior).

O dispositivo da GNR instaurou 749 autos de contraordenação (menos 106 do que em 2014) por infração ao diploma de 2006 relativo ao Sistema Nacional de Defesa da Floresta contra Incêndios.

As ações de primeira intervenção nos incêndios florestais encontram-se a cargo dos 574 militares do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS).

Quanto às ações de vigilância e do patrulhamento das áreas florestais e investigação das causas dos incêndios, estas estão a ser desempenhadas por 948 militares e civis do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA).

Lusa

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.