sicnot

Perfil

País

PR anuncia hoje data das legislativas

O Presidente da República vai fazer hoje, pelas 20:30, uma comunicação ao país sobre as próximas eleições legislativas, anunciando a data em que estas se irão realizar, disse à Lusa fonte oficial de Belém.

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva. (Arquivo)

O Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva. (Arquivo)

MIGUEL A. LOPES / Lusa

"O Presidente da República vai hoje fazer uma comunicação ao país sobre as próximas eleições legislativas", afirmou fonte oficial da Presidência da República.

A comunicação do chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, ocorrerá pelas 20:30 horas, no Palácio de Belém, adiantou a mesma fonte.

Na terça-feira, Cavaco Silva ouviu os partidos com assento parlamentar sobre a data das eleições legislativas, tendo o PSD, o PS e o CDS-PP sido unânimes na preferência do dia 27 de setembro.

Contudo, nenhum dos três partidos - PSD, PS, CDS-PP - rejeitou a possibilidade do dia 04 de outubro.

O BE também indicou o dia 27 de setembro e o 04 de outubro, como as datas "mais aconselháveis", enquanto o PCP e o partido ecologista Os Verdes foram os únicos a colocar de parte a hipótese das eleições se realizarem ainda em setembro, apontando o mês de outubro como o mais indicado.

De acordo com a Constituição da República, as eleições legislativas terão de se realizar entre os dias 14 de setembro e 14 de outubro.

Com Lusa

  • Partidos defendem eleições legislativas a 27 de setembro ou 4 de outubro
    2:04

    País

    O Presidente da República ouviu esta terça-feira os partidos com representação parlamentar para marcar o dia das eleições legislativas. Em cima da mesa estiveram duas datas prováveis: 27 de setembro e 4 de outubro. O Bloco de Esquerda não tem preferência por qualquer dos dias, o PCP e os Verdes preferem eleições apenas em outubro, enquanto o CDS-PP, o PSD e o PS indicaram o dia 27 de setembro como a melhor opção.

  • PR ouve partidos para marcar data das legislativas

    País

    O Presidente da República está a ouvir os partidos com representação parlamentar para marcar o dia das eleições legislativas. Em cima da mesa estão duas datas prováveis, 27 de setembro e 4 de outubro. PCP e "Os Verdes" preferem eleições num dia de outubro, já o Bloco de Esquerda e o CDS-PP colocam também a hipotese de setembro.

  • "Os Verdes" defendem legislativas em outubro
    0:27

    País

    O primeiro partido a ser recebido pelo Presidente da República foi o Partido Ecologista "Os Verdes". Heloísa Apolónia defendeu, junto do Presidente, que as eleições se realizem a 4 ou 11 de outubro.

  • Comissão Europeia quer proibir o tabaco na praia

    País

    A Comissão Europeia quer proibir o tabaco em todos os espaços públicos, incluindo praias, parques infantis e equipamentos desportivos. A proposta foi apresentada pelo comissário da Saúde e Segurança Alimentar que, além de querer reduzir a dependência do tabaco, também sugere que todos os estados membros apliquem uma idade mínima para a venda de tabaco.

  • Viaduto de Alcântara condicionado
    1:36

    País

    O viaduto de Alcântara, em Lisboa, continua com o trânsito condicionado mas apenas sobre o tabuleiro e no sentido Alcântara Terra - Alcântara Mar. A circulação só será reposta depois de uma nova vistoria, ainda sem data marcada.

  • "Nós aceitamos sempre os resultados das eleições"
    1:07

    País

    Durante a reunião do Conselho Nacional em Lisboa, o líder dos sociais-democratas garantiu que o partido tem fair-play mas disse que está nas eleições autárquicas para ganhar. Pedro Passos Coelho acrescentou ainda que o PSD aceita sempre os resultados das eleições.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Data e local da canonização serão anunciados a 20 de abril
    2:23

    País

    O Papa aprovou esta quinta-feira o decreto que valida o milagre atribuído a Francisco e Jacinta. A data e local da cerimónia da canonização dos pastorinhos serão anunciados a 20 de abril, na reunião de cardeais no Vaticano. O Bispo de Leiria/Fátima acredita que a cerimónia possa ser a 13 de maio, durante a visita do Papa a Fátima.