sicnot

Perfil

País

Presidente do Governo da Madeira já teve alta hospitalar

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque, que foi esta quarta-feira submetido a uma intervenção cirúrgica no hospital do Funchal, já teve alta hospitalar e regressou à sua residência, informou o seu gabinete.

(Arquivo)

(Arquivo)

Lusa

A mesma nota emitida esta tarde pelo gabinete da Presidência do Governo Regional da Madeira, refere que o chefe do executivo madeirense foi operado hoje de manhã "com carácter de urgência, para eliminação de um cálculo renal, tendo o pós-operatório decorrido sem qualquer intercorrência".

"Neste momento, e após alta hospitalar, encontra-se já na sua residência onde irá manter-se em repouso nas próximas 48 horas", conclui a mesma informação.

O boletim clínico divulgado pelo Serviço Regional de Saúde mencionou que Miguel Albuquerque foi operado pelas 08:00 de hoje, no hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal "devido a uma cólica renal com cálculo impactado no ureter lombar direito", tendo a intervenção cirúrgica decorrido "sem incidentes".

Esta situação aconteceu cinco dias antes da festa anual do PSD/Madeira, que está marcada para domingo, e que deverá contar com a presença do líder nacional do partido e primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho.

Lusa

  • Miguel Albuquerque operado com sucesso
    0:41

    País

    O presidente do Governo Regional da Madeira foi operado de urgência esta manhã, no Hospital do Funchal, mas está a reagir bem. Miguel Albuquerque foi submetido a uma intervenção cirúrgica para remover um cálculo renal. A cirurgia foi um sucesso, adiantou o diretor clínico do hospital, João Rodrigues.

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Pelo menos 30 mortos e 75 feridos em incêndio e derrocada de edifício em Teerão

    Mundo

    Pelo menos 30 bombeiros morreram esta quinta-feira e cerca de 75 pessoas ficaram feridas em Teerão, quando um edifício de 17 andares ruiu depois de ser consumido pelas chamas, noticiaram os meios de comunicação estatais iranianos. O edifício "Plasco" situa-se no centro da capital iraniana, a norte da zona do mercado.

    Em desenvolvimento

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.