sicnot

Perfil

País

Detida mulher suspeita de incêndio florestal em Vila Real

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de uma mulher, de 45 anos, suspeita de ter ateado um incêndio florestal na freguesia de Abaças, no concelho de Vila Real.

Google Maps

A detenção foi efetuada pela Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real que, em comunicado, referiu que a mulher, uma doméstica, está fortemente indiciada pela prática do crime de incêndio florestal.

O fogo ocorreu no dia 10 de julho e, segundo a PJ, colocou em perigo uma vasta mancha florestal, constituída essencialmente por povoamento de pinheiro bravo e área agrícola composta por vinha, de valor elevado.

A polícia disse ainda que estas áreas "não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros e de meios aéreos".

A agência Lusa tentou obter mais esclarecimentos junto da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, o que não foi possível.

Lusa

  • CGD terá de reconhecer imparidades e prepara saída de 2 mil funcionários
    2:45

    Caso CGD

    O novo plano estratégico da Caixa está pronto e foi entregue há duas semanas ao Ministério das Finanças. A SIC sabe que está a ser preparada a saída de 2 mil trabalhadores e que o banco terá de reconhecer imparidades. O Expresso diz que a CGD vai fechar o ano com prejuízos que podem chegar aos 3 mil milhões de euros.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.