sicnot

Perfil

País

IKEA não vai retirar do mercado móveis da gama Malm

A empresa sueca IKEA esclareceu hoje que os móveis da gama Malm não estão a ser retirados do mercado, ao contrário do que tem sido noticiado, explicando que em causa está uma campanha de sensibilização a decorrer nos Estados Unidos.

IKEA

Maria João Franco, responsável do departamento de comunicação da empresa IKEA Portugal, reagia assim a notícias sobre a retirada dos móveis da gama 'Malm' na sequência da morte de duas crianças, nos EUA, afirmando que esta foi confundida com uma ação de sensibilização de segurança levada a cabo pela empresa nos Estados Unidos, que vai oferecer aos consumidores norte-americanos um 'kit' para fixar os móveis na parede.

A representante afirmou, ainda, que a IKEA recomenda que todos os móveis devem ser fixos à parede - "o que não acontece nos Estados Unidos" - e que até a própria transportadora que trabalha com a marca o faz, quando realiza serviços de entrega e montagem ao domicílio.

Maria João Franco lembrou também que, em Portugal, estes 'kits' estão disponíveis gratuitamente nas lojas.

A ação de sensibilização norte-americana foi criada em parceria com a Comissão de Segurança dos Produtos de Consumo (CPSC), que referiu hoje à agência francesa de notícias que estes 'kits' são aplicáveis em alguns móveis - entre cómodas e roupeiros - da gama 'Malm', ação que abrange, de momento, cerca de 27 milhões de produtos já vendidos.

A CPSC acrescentou ainda que a empresa IKEA recebeu queixas relativamente à morte de duas crianças com cerca de dois anos de idade, em 2014, provocada pela queda de cómodas suecas que não estavam presas à parede.

"Os consumidores não devem usar as cómodas e roupeiros infantis e para adultos do Ikea com altura superior a 60 e 75 centímetros, respetivamente, a não ser que estejam fixados a uma parede", recomendou a CPSC.

Lusa

  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura durante a noite. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vitima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.