sicnot

Perfil

País

Lusófona diz que anulação dos cursos de 152 alunos é desumana e injusta

Lusófona diz que anulação dos cursos de 152 alunos é desumana e injusta

A Universidade Lusófona acusa a Inspeção Geral da Educação e Ciência de decidir de forma injusta e desumana ao anular os cursos de centena e meia de alunos. A anulação surgiu depois da polémica com a licenciatura de Miguel Relvas. O reitor Mário Moutinho lamenta ainda que mesmo perante os argumentos jurídicos que evocou, o Governo tenha voltado as costas à universidade.

  • "Nobel é um incentivo para toda uma nação"
    1:19