sicnot

Perfil

País

Espetáculo condiciona trânsito no Chiado, Lisboa, na segunda-feira

O trânsito vai estar interrompido em algumas ruas do Chiado, na cidade de Lisboa, na próxima segunda-feira, devido à realização do espetáculo musical Fados na Rua, informou hoje a Câmara Municipal.

(arquivo)

(arquivo)

Tiago Petinga/ Lusa

Em comunicado, a autarquia especifica que a circulação automóvel estará condicionada nas ruas Garrett, do Carmo e Nova do Almada, ficando interrompida totalmente entre as 18:00 e as 21:00.

Os desvios de circulação serão efetuados no cruzamento da Rua Nova do Almada com a Rua da Conceição, enquanto o acesso à Rua Garrett será feito através da Calçada de S. Francisco/Largo da Academia das Belas Artes/Rua Ivens e será assegurado o duplo sentido entre a Rua Garrett e a Rua Capelo, indicou a câmara.

Também a partir de segunda-feira, e durante sete dias úteis, as ruas Francisco Sanches e José Falcão, na freguesia das Avenidas Novas, vão estar condicionadas ao trânsito devido a obras de pavimentação.

Entretanto, o trânsito vai estar condicionado hoje à noite na zona envolvente à Rotunda do Marquês de Pombal por causa da projeção do filme "Um Século de Energia", de Manoel de Oliveira.

Assim, entre as 21:30 e as 23:30 será interrompida a circulação na Avenida Joaquim António de Aguiar no troço compreendido entre a Rua Castilho e o Marquês de Pombal, sendo o trânsito desviado para a Rua Castilho, segundo a câmara.

No anel interior da Rotunda do Marquês de Pombal, a circulação será reduzida a duas vias.

Lusa

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John Mccain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06
  • Menos casos de sida em Portugal
    1:44