sicnot

Perfil

País

Portas diz que está em Luanda para "resolver" problemas e não para "os aumentar"

Portas diz que está em Luanda para "resolver" problemas e não para "os aumentar"

Paulo Portas diz que o diferendo que opõe a empresa angolana de diamantes Endiama à Sociedade Portuguesa de Empreendimentos deve ser resolvido pela via institucional. O vice-primeiro-ministro está em Angola para uma visita oficial, onde vincou a relação económica privilegiada entre os dois países. Ao ser questionado sobre o diferendo relativo ao caso dos diamantes, Portas afirmou hoje que está em Luanda para "resolver" problemas e não para "os aumentar".

  • Junta de Santa Maria Maior no centro de Lisboa contra despejos de idosos
    3:02
  • "Não há nenhuma meta com Bruxelas", garante Centeno no Parlamento
    0:57

    Economia

    O ministro das Finanças afirma que o Programa de Estabilidade é debatido em Lisboa e não em Bruxelas.Esta manhã, no Parlamento, Mário Centeno assegurou ainda que as metas são as mesmas com que se comprometeu no programa do Governo e garante que não há nenhuma meta acordada com Bruxelas.