sicnot

Perfil

País

Suspeito de autoria de incêndio florestal em Elvas fica em prisão preventiva

O tribunal de Elvas decretou hoje a prisão preventiva do homem suspeito de autoria de um incêndio florestal, que ocorreu na quarta-feira, no concelho de Elvas, disse à agência Lusa fonte da GNR.

SIC

Segundo a mesma fonte, o homem de 51 anos, detido na quinta-feira, foi hoje submetido a primeiro interrogatório judicial na Instância Local de Elvas da Comarca de Portalegre, que lhe decretou a medida de coação mais grave, ficando a aguardar julgamento no Estabelecimento Prisional de Elvas.

Segundo a Polícia Judiciária (PJ), que deteve o suspeito, o incêndio foi ateado num terreno ocupado por sobreiros, azinheiras e oliveiras que se situa relativamente próximo do perímetro urbano da cidade.

O fogo, refere um comunicado da PJ, "atingiu grande intensidade e terá sido posto na vegetação rasteira existente no local do crime, com recurso a chama direta, tendo provocado a destruição de cerca de dez hectares de coberto vegetal, incluindo danos por carbonização nas árvores ali existentes".

No âmbito das diligências realizadas, segundo a PJ, foi ainda possível recolher elementos que apontam para que "o detido possa ser o autor de pelo menos mais quatro incêndios florestais na mesma zona, situações que irão agora ser investigadas de forma mais aprofundada".

A PJ indica ainda que o detido, que tem "hábitos de alcoolismo, terá agido por razões fúteis".

Segundo fonte da GNR, a detenção do homem resultou de uma investigação, que durava há algum tempo da Polícia Judiciária com o apoio do Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR, pelo facto de já se terem registado há alguns dias, focos de incêndio naquela zona.

De acordo com fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Portalegre, já se registaram vários fogos este ano no mesmo local.

Lusa

  • Rui Patrício confirmado no Wolverhampton

    Desporto

    O Wolverhampton anunciou esta segunda-feira a contratação do guarda-redes Rui Patrício, depois da rescisão com o Sporting. O guarda-redes da seleção nacional assinou contrato com o clube inglês por quatro épocas.

    SIC

  • Novo treinador do Sporting diz que mulheres não estão preparadas para falar de futebol
    1:23
  • Salto de Cristiano Ronaldo inspira dança afro-beat

    Desporto

    Uma música humorística afro-beat, publicada nas redes sociais e inspirada nos saltos de Cristiano Ronaldo quando marca golos, está a ser replicada na internet com dezenas de coreografias filmadas, muitas das quais em França.

  • Ronaldo no País dos Sovietes: As religiões praticadas na Rússia
    1:55
  • "Estamos a plantar fósforos"
    2:09

    Opinião

    O calor regressou esta segunda-feira em força e no terreno estiveram quase 1300 bombeiros a combater 70 fogos por todo o país. Depois da tragédia de Pedrógão Grande, o Presidente da República diz que a consciência do país mudou mas é preciso fazer mais. Já Miguel Sousa Tavares diz que o país está mais preparado para combater os incêndios do que alguma vez esteve. No entanto, o comentador da SIC diz que já foram plantados mais de "2500 hectares de eucaliptos" desde Pedrógão e que enquanto isso acontecer Portugal vai continuar a arder. 

    Miguel Sousa Tavares

  • Merkel tem duas semanas para negociar solução para crise migratória

    Mundo

    A chanceler alemã tem duas semanas para negociar com os parceiros europeus uma solução para a questão migratória e assim evitar uma crise política. O ultimato foi dado pelo CSU, o partido da Baviera que integra a coligação governamental. Ao contrário de Angela Merkel, defende uma política para os refugiados mais estrita.

  • Pai de Meghan Markle lamenta ser "nota de rodapé" no casamento real
    2:03
  • Quando as crianças fazem das suas... os pais é que pagam

    Mundo

    Quando as crianças fazem das suas, restam os pais para as castigar ou, em alguns casos, para sofrer as consequências desses atos. Quem o pode dizer é um casal norte-americano, que recebeu uma fatura de 132 mil dólares (cerca de 114 mil euros), depois de o filho ter derrubado uma estátua num centro comunitário.

    SIC