sicnot

Perfil

País

Morreu criança baleada alegadamente pelo pai em Ermesinde

A criança que quinta-feira à noite foi baleada alegadamente pelo pai, em Ermesinde, Valongo, morreu hoje no Hospital S. João, no Porto, confirmou à agência Lusa fonte hospitalar.

SIC

Cerca das 22:00 de quinta-feira, na Avenida Calouste Gulbenkian, em Ermesinde, no concelho de Valongo, um homem baleou uma mulher com cerca de 40 anos e o filho de ambos, com cinco anos.

A mulher acabou por falecer já no Hospital de S. João, no Porto, a mesma unidade na qual desde o dia do acidente o filho de ambos estava internado, tendo morrido hoje.

Fonte da PSP do Porto disse na sexta-feira à agência Lusa que elementos da Divisão de Investigação Criminal (DIC) detiveram o suspeito cerca das 03:45, na Rua José Maria Batista Valente, em São Mamede Infesta, no concelho de Matosinhos, distrito do Porto, no interior de uma viatura, não tendo oferecido resistência.

Segundo a PSP, o detido foi depois entregue à Polícia Judiciária

Lusa

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • "Quem não deve não teme"

    Football Leaks

    O futebolista português Cristiano Ronaldo, questionado sobre a sua alegada fuga ao fisco veiculada pela investigação "Football Leaks", disse que "quem não deve não teme", numa reação difundida esta quinta-feira pela rádio espanhola Onda Cero.

  • Cerca de 150 civis doentes retirados de Alepo

    Mundo

    Cerca de 150 civis, a maioria doentes ou deficientes, foram retirados na noite de quarta-feira para quinta-feira de um centro de saúde de Aleppo, na parte mais antiga da cidade tomada pelo exército sírio, anunciou a Cruz Vermelha internacional.