sicnot

Perfil

País

Mulher morreu no rio Mondego em Coimbra

Uma mulher com cerca de 25 a 30 anos de idade morreu hoje, aparentemente por afogamento, no rio Mondego, perto da estação de caminhos de ferro de Coimbra (Estação Nova), disse fonte dos bombeiros.

Google Maps

O alerta para a presença de um corpo no rio, junto à margem esquerda, foi dado pelas 14:50 mas os bombeiros e os meios do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), chamados ao local, fizeram buscas e "não encontraram nada", disse fonte da Companhia de Sapadores de Coimbra.

Os bombeiros acabariam por se dirigir à margem direita, onde já estava a PSP "e um corpo no rio, a boiar", que os mergulhadores dos Sapadores Bombeiros retiraram da água, tendo sido efetuadas manobras de reanimação, "durante cerca de 30 minutos", sem sucesso, adiantou.

O óbito acabaria por ser declarado no local mas a fonte afirmou desconhecer as causas do acidente.

"O cadáver não apresentava rigidez mas não sabemos há quanto tempo estava na água", declarou.

No local estiveram cinco homens e duas viaturas dos Bombeiros Sapadores, uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) e uma ambulância do INEM e a PSP, que tomou conta da ocorrência.

Lusa

  • Outros casos de fuga de prisões portuguesas
    2:58

    País

    Nos últimos cinco anos, 52 reclusos fugiram de cadeias portuguesas, mas foram todos recapturados. Entre 1999 e 2009, fugiram oito reclusos da prisão de Caxias. Em 2005, um homem condenado a 21 anos de prisão fugiu de Coimbra, viajando por França e pela Polónia. Manuel Simões acabou por ser detido no regresso a Portugal.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Táxi capaz de sobrevoar filas de trânsito ainda este ano no Dubai

    Mundo

    É o sonho de muitos que passam horas intermináveis em filas de trânsito. Trata-se de um drone com capacidade para transportar pessoas. "Operações regulares" deste insólito aparelho terão início em julho, no Dubai. O anúncio foi feito pela entidade que gere os transportes da cidade. Apenas um passageiro, com o peso máximo de 100 kg, pode seguir viagem neste táxi revolucionário, capaz de sobrevoar vias congestionadas pelo trânsito.