sicnot

Perfil

País

Passos diz que oposição é precisa mas não para governar

Passos diz que oposição é precisa mas não para governar

Pedro Passos Coelho considera que nas próximas legislativas os portugueses têm de dizer à oposição que ela é precisa mas não para governar. Declarações do presidente do PSD na festa dos sociais democratas no Chão da Lagoa. "Agora que Portugal pode sonhar mais, até a oposição se entusiasma com o futuro", disse Passos, que participa pela primeira vez na celebração anual do PSD Madeira.

  • Albuquerque diz que não faz sentido entregar governo ao PS
    0:42

    País

    Miguel Albuquerque diz que devolver o governo do país ao PS é o mesmo que "entregar a guarda de uma casa a um incendiário". A comparação foi feita pelo líder do PSD Madeira no Chão da Lagoa, onde elogiou o trabalho de Passos Coelho enquanto primeiro-ministro.

  • Passos pela primeira vez na festa anual do PSD Madeira
    1:39

    País

    Pela primeira vez, Pedro Passos Coelho vai estar presente na festa anual do PSD Madeira, no Chão da Lagoa. Nunca o fez durante a presidência de Alberto João Jardim. Já na Madeira, Passos garante que a visita nunca se proporcionou e rejeita que tenha sido por divergências com o ex-líder dos sociais democratas madeirenses.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.