sicnot

Perfil

País

Receitas médicas em papel com os dias contados

As receitas médicas em papel começam a desaparecer já a partir de agosto. Os médicos vão passar a registar a prescrição de todos os medicamentos no cartão do cidadão do utente.

Arquivo SIC

Arquivo SIC

Posteriormente, na farmácia, através do leitor de cartões do cidadão, o farmacêutico acede à receita do doente.


Em agosto, as farmácias estarão todas preparadas para ler o cartão de cidadão.


O sistema ainda não está implementado em todos os hospitais e centros de saúde e nem todos os portugueses têm cartão do cidadão.


Por isso, ainda não há data certa para o fim definitivo das receitas em papel.
O Governo garante que esta nova forma de passar receitas médicas é uma medida eficaz no combate à fraude.