sicnot

Perfil

País

Manual da "Carta por pontos" divulgado hoje, escolas preparam cursos

O novo manual da "Carta por pontos" é hoje apresentado em Moimenta da Beira. Entrará em vigor a 1 de junho de 2016 e vai permitir que os condutores evitem a apreensão da carta. As escolas de condução já estão a preparar as ações de formação que vão permitir aos condutores aumentarem os pontos da sua carta.

(Lusa/ Arquivo)

Segundo a edição de hoje do Jornal de Notícias, este curso custará 35 euros.

A nova lei que entra em vigor no próximo ano não tem efeitos retroativos nem existem amnistias para as contraordenações cometidas até então.

Com o novo documento, cada condutor tem 12 pontos iniciais, mais um crédito de 3, que vão diminuindo à medida que o condutor vai cometendo contraordenações graves e muito graves, além dos crimes rodoviários.

  • ACP "completamente de acordo com carta por pontos"

    País

    O presidente do Automóvel Clube Portugal (ACP), Carlos Barbosa, disse hoje à agência Lusa estar "completamente de acordo" com a aprovação do sistema da carta por pontos, considerando mesmo que "já deveria ter sido implementada há mais tempo".

  • Governo aprova carta de condução por pontos
    1:00

    País

    O Governo aprovou hoje em Conselho de Ministros o novo regime da carta de condução. As contraordenações graves e muito graves vão descontar pontos nas cartas de cada condutor, mas é possível recuperá-los caso se esteja três anos sem cometer qualquer infração grave. O novo regime deverá entrar em vigor em junho do próximo ano como explicou esta tarde o secretário de Estado da Administração Interna.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.