sicnot

Perfil

País

Força Aérea Portuguesa realiza evacuação médica de tripulante de navio de pesca

Um helicóptero e um avião da Força Aérea Portuguesa (FAP) estiveram envolvidos numa operação de evacuação médica de um tripulante de um navio de pesca, que navegava a 720 quilómetros da Ilha das Flores, anunciou hoje a Marinha.

(Arquivo)

(Arquivo)

DR

O pedido de auxílio foi recebido pelo Centro de Coordenação de Busca e Salvamento Marítimo de Ponta Delgada que, em articulação com a FAP, coordenou, durante a tarde de sábado, a operação para retirar o paciente, de 48 anos, do navio "Paralelo", de bandeira portuguesa, que apresentava suspeitas de insuficiência cardíaca congestiva.

Face à distância a que a embarcação se encontrava -- a cerca de 390 milhas náuticas a noroeste das Flores - foram empenhados um helicóptero EH-101 Merlin, com uma equipa médica, e uma aeronave C-295M que apoiou a missão do helicóptero e coordenou as ações no local, tendo os aparelhos descolado da Base Aérea das Lajes, na Ilha Terceira, Açores.

"A evacuação foi executada com sucesso, cerca das 00h35 [de hoje], e dirigida para o Aeroporto de Ponta Delgada, onde foi efetuada a transferência do doente para uma ambulância destacada pelo Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, que o encaminhou ao serviço de urgência do Hospital Divino Espírito Santo de Ponta Delgada", refere a Marinha portuguesa num comunicado publicado na sua página da internet.

Lusa

  • Enfermeiros dizem que suplemento de 150 € não é suficiente para acordo
    0:57

    País

    O Sindicato dos Enfermeiros diz que há um avanço nas negociações com o Governo. Esta terça-feira à tarde, uma delegação do Ministério das Finanças esteve numa reunião que decorreu no Ministério da Saúde. Apesar disso, o presidente do sindicato, José Azevedo, explicou à SIC que a proposta do executivo de pagar mais 150 euros aos enfermeiros especializados não é suficiente para chegarem a acordo.

  • Guterres condena onda de violência em Myanmar
    0:43
  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC