sicnot

Perfil

País

Choque entre embarcações em Cabanas de Tavira faz quatro feridos

A colisão de duas pequenas embarcações de transporte de passageiros em Cabanas de Tavira, no Algarve, causou esta terça-feira quatro feridos ligeiros, disse à Lusa fonte da capitania de Tavira.

Cabanas de Tavira

Cabanas de Tavira

Google Maps

Segundo a mesma fonte, os quatro feridos foram transportados para o Hospital de Faro por precaução, havendo mais quatro passageiros a apresentar queixas diversas mas que prescindiram de assistência.

As duas embarcações, que fazem uma curta travessia entre a Ria Formosa e a praia de Cabanas, colidiram junto ao cais quando um dos mestres estava a efetuar manobras para atracar e outro tinha já praticamente acostado a embarcação.

De acordo com o comandante do porto de Tavira, as autoridades vão agora investigar as causas do acidente, que pode ter sido originado por erro humano ou falha nas embarcações.

O Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS) de Faro indicou à agência Lusa que um dos tripulantes tinha ficado ferido com gravidade, mas, de acordo com o comandante Ventura Borges, não há qualquer ferido grave.

Segundo o mesmo responsável, nesta altura do verão o cais de Cabanas de Tavira é muito movimentado, devido ao grande afluxo de turistas, o que obriga a "cuidados redobrados".

Cada embarcação tem capacidade para transportar dez passageiros, não sendo obrigatório o uso de coletes salva-vidas, acrescentou.

Lusa

  • Temperaturas vão subir até 4ª feira

    País

    As temperaturas vão subir até esta quarta-feira, prevendo-se máximas entre os 22 e os 29 graus na generalidade do território, valores acima do normal para a época do ano, adiantou hoje a meteorologista Maria João Frada.

  • E agora?
    15:07
  • TAP recruta mais assistentes de bordo
    2:40

    Economia

    A TAP assegura que, ainda durante o mês de outubro, os problemas com falta de tripulação vão terminar. Até ao final do ano, vão ser contratados novos assistentes de bordo. Ainda assim, o sindicato diz que não chega.