sicnot

Perfil

País

Ex-presidente da CP/Fernave detido por suspeita de peculato e abuso de poder

O ex-presidente do conselho de administração da CP/Fernave foi detido por suspeita de crimes de peculato e de abuso de poder, praticados no âmbito de uma ação de cooperação com Angola.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

O Ministério Público e a PJ suspeitam que Rui Lucena Marques terá beneficiado de 100 mil euros na sequência de um acordo de cooperação com Angola para a formação de maquinistas. A Fernave dedica-se à formação de quadros técnicos da CP.

Ouvido pelo juiz de instrução, o ex-presidente do conselho de administração da CP/Fernave, que também chegou a ser Diretor Geral da Fernave, ficou suspenso de funções públicas ou exerecício de cargos públicos, está proibido de sair do país e teve de pagar 37 mil euros de caução.

A investigação está a cargo do Ministério Público e da Unidade Nacional de Combate à Corrupção.

  • Resgate de mais de 300 migrantes no Mediterrâneo
    2:08
  • 10 Minutos com Eurico Reis
    11:20

    10 Minutos

    Há quatro meses que Portugal é um dos poucos países europeus onde é possível recorrer à gestação de substituição. E há já um casal que teve luz verde para começar os tratamentos. Para um balanço, foi nosso convidado Eurico Reis, juiz desembargador e presidente do Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida, a entidade que autoriza os processos de gestação de substituição.

    Entrevista completa

  • Parlamento discute utilização de animais no circo
    2:01