sicnot

Perfil

País

Ex-presidente da CP/Fernave detido por suspeita de peculato e abuso de poder

O ex-presidente do conselho de administração da CP/Fernave foi detido por suspeita de crimes de peculato e de abuso de poder, praticados no âmbito de uma ação de cooperação com Angola.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

O Ministério Público e a PJ suspeitam que Rui Lucena Marques terá beneficiado de 100 mil euros na sequência de um acordo de cooperação com Angola para a formação de maquinistas. A Fernave dedica-se à formação de quadros técnicos da CP.

Ouvido pelo juiz de instrução, o ex-presidente do conselho de administração da CP/Fernave, que também chegou a ser Diretor Geral da Fernave, ficou suspenso de funções públicas ou exerecício de cargos públicos, está proibido de sair do país e teve de pagar 37 mil euros de caução.

A investigação está a cargo do Ministério Público e da Unidade Nacional de Combate à Corrupção.

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55
  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47