sicnot

Perfil

País

Ex-presidente da CP/Fernave terá beneficiado ilicitamente de 200 mil euros

Ex-presidente da CP/Fernave terá beneficiado ilicitamente de 200 mil euros

O ex-presidente do conselho de administração da CP/Fernave foi detido por suspeitas de crimes de peculato e de abuso de poder. As autoridades suspeitam que Rui Lucena Marques tenha desviado 200 mil euros na sequência de um acordo de cooperação que a CP/Fernave tem com Angola. Ouvido pelo juiz, o arguido está em liberdade, não pode sair do país, está suspenso de funções e foi obrigado a pagar 37 mil euros de caução.

  • Esquerda desce, direita sobe
    1:19
  • Ministério Público já tem fita do tempo do surto de legionella
    2:19