sicnot

Perfil

País

Médias negativas a Português e Matemática na 2.ª fase das provas do 9.º ano

Os alunos do 9.º ano registaram médias negativas nas provas finais de Português e Matemática da 2.ª fase, mas a queda nos resultados é acompanhada de um significativo aumento no número de alunos que fizeram exames nesta fase.

Os alunos do 9.º ano registaram notas médias de 47% a Português, abaixo dos 50% de 2014, percentagem que marca o limiar da positiva na escala de 0 a 100%, utilizada nas classificações das provas deste nível de escolaridade, que se converte depois numa outra, de níveis 1 a 5 (com os níveis 1 e 2 a corresponderem a notas negativas e os níveis 3, 4 e 5 a notas positivas).

A taxa de reprovação a Português aumentou dos 19% para os 36%, mas este ano 6.425 alunos fizeram esta prova final, contra os 226 de 2104.

Apesar da média negativa, o Ministério da Educação e Ciência (MEC) sublinha que a maioria dos alunos (52%) conseguiu, ainda assim, um resultado positivo, com notas de nível igual ou superior a três

Já a Matemática, os finalistas do 3.º ciclo baixaram a classificação média dos 30% para os 20%, tendo a taxa de reprovação subido dos 65% para os 79%, o que significa que praticamente um em cada cinco alunos reprovou, entre os 7.375 que fizeram este exame. Em 2014 apenas 319 tinha feito a prova final de Matemática.

Em comunicado enviado hoje, o MEC recorda que, pela primeira vez, este ano letivo, foi dada aos alunos do 9.º ano a mesma oportunidade de recuperação de notas que já é dada ao 1.º e 2.º ciclos, com duas fases de provas e um período de estudo suplementar.

"Para além dos alunos internos que não obtiveram aprovação após a realização das provas finais de ciclo na 1.ª fase, a 2.ª fase destinou-se também aos alunos que, no final do 3.º período, não se encontravam em condições de admissão à 1.ª fase, portanto alunos que não reuniam condições para transitar de ano no final do 3.º período e alunos que ficaram retidos por faltas ao longo do ano, e ainda aos alunos que faltaram à 1.ª fase, por motivos excecionais", precisou a tutela.

Tendo em conta este conjunto de condições, a tutela refere que, quem fez provas na 2.ª fase, são "naturalmente, alunos que demonstraram maiores dificuldades ao longo do ano letivo".

"Tendo em conta este universo, há uma percentagem razoável de alunos que com esta segunda fase conseguiu cumprir as condições necessárias para passar de ciclo, embora não seja possível, neste momento, quantificar", acrescenta a nota.

A Português, menos de 30 alunos conseguiram notas superiores a 80%. A Matemática foram apenas 21. Já entre os resultados mais baixos, apenas seis alunos não conseguiram atingir a meta dos 10% a Português. A Matemática foram 2.119.

O MEC reconhece, em comunicado, que os resultados hoje divulgados "mostram ainda a existência de uma percentagem elevada de alunos com dificuldades significativas nestas disciplinas estruturantes", reiterando a necessidade de identificação precoce dessas dificuldades, assim como de mais apoio.

A 2.ª fase das provas finais decorreu em 1242 escolas do território nacional, tendo sido realizadas 13.844 provas: 6.425 de Português e 7.375 de Matemática, classificadas por um total de 839 professores.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.