sicnot

Perfil

País

Vacina BCG só deve estar disponível no fim deste mês

O fornecimento da vacina contra a tuberculose só deve ficar regularizado no final deste mês, segundo a Direção-geral da Saúde, que lembra que se trata de um problema de produção do laboratório que a fabrica para a Europa.

A subdiretora-geral da Saúde, Graça Freitas, disse hoje à agência Lusa que a última informação disponível aponta para que a vacina BCG só volte a estar disponível no fim de agosto, depois de estar indisponível nos hospitais e centros de saúde desde maio.

As dificuldades de fornecimento, que começaram em março, estão ligadas a problemas com a produção no único laboratório que fabrica a vacina para a Europa, um laboratório público na Dinamarca.

A regularização do fornecimento devia ter acontecido no início deste mês, mas, segundo Graça Freitas, os lotes da vacina não revelaram conformidade de segurança total.

"Assim não vamos ter esses lotes, mas estamos à espera de lotes novos para finais de agosto", acrescentou.

Quando a situação for regularizada, as crianças não vacinadas à nascença começarão a ser chamadas para receberem as vacinas nos centros de saúde, que deverão gerir os seus 'stocks'.

A Direção-Geral de Saúde (DGS) tem insistido que o problema de fornecimento da BCG "não constitui risco para a saúde pública", até porque a prevenção e o controlo da tuberculose se baseia em várias medidas, "além da vacinação dos recém-nascidos".

A única vacina BCG que está autorizada em Portugal, e na maioria dos países europeus, é produzida por um laboratório público da Dinamarca, mas, nos últimos anos, o fornecimento da vacina tem sofrido interrupções de duração variável.

Esta vacina tem um prazo de validade mais curto do que as outras vacinas do Programa Nacional de Vacinação, não permitindo armazenamentos de longo prazo.

Lusa

  • BCG esgotada há três meses
    2:44

    País

    O stock da vacina BCG, antituberculose, entrou em rutura há três meses. A situação está a preocupar pais de recém-nascidos, que não estão a ser vacinados, mas as autoridades de saúde garantem que não há perigo, dada a baixa incidência de tuberculose no país. A DGS está mesmo a ponderar-se a retirada da vacina do Programa Nacional de Vacinação.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.