sicnot

Perfil

País

Vacina BCG só deve estar disponível no fim deste mês

O fornecimento da vacina contra a tuberculose só deve ficar regularizado no final deste mês, segundo a Direção-geral da Saúde, que lembra que se trata de um problema de produção do laboratório que a fabrica para a Europa.

A subdiretora-geral da Saúde, Graça Freitas, disse hoje à agência Lusa que a última informação disponível aponta para que a vacina BCG só volte a estar disponível no fim de agosto, depois de estar indisponível nos hospitais e centros de saúde desde maio.

As dificuldades de fornecimento, que começaram em março, estão ligadas a problemas com a produção no único laboratório que fabrica a vacina para a Europa, um laboratório público na Dinamarca.

A regularização do fornecimento devia ter acontecido no início deste mês, mas, segundo Graça Freitas, os lotes da vacina não revelaram conformidade de segurança total.

"Assim não vamos ter esses lotes, mas estamos à espera de lotes novos para finais de agosto", acrescentou.

Quando a situação for regularizada, as crianças não vacinadas à nascença começarão a ser chamadas para receberem as vacinas nos centros de saúde, que deverão gerir os seus 'stocks'.

A Direção-Geral de Saúde (DGS) tem insistido que o problema de fornecimento da BCG "não constitui risco para a saúde pública", até porque a prevenção e o controlo da tuberculose se baseia em várias medidas, "além da vacinação dos recém-nascidos".

A única vacina BCG que está autorizada em Portugal, e na maioria dos países europeus, é produzida por um laboratório público da Dinamarca, mas, nos últimos anos, o fornecimento da vacina tem sofrido interrupções de duração variável.

Esta vacina tem um prazo de validade mais curto do que as outras vacinas do Programa Nacional de Vacinação, não permitindo armazenamentos de longo prazo.

Lusa

  • BCG esgotada há três meses
    2:44

    País

    O stock da vacina BCG, antituberculose, entrou em rutura há três meses. A situação está a preocupar pais de recém-nascidos, que não estão a ser vacinados, mas as autoridades de saúde garantem que não há perigo, dada a baixa incidência de tuberculose no país. A DGS está mesmo a ponderar-se a retirada da vacina do Programa Nacional de Vacinação.

  • Sismo de magnitude 4,0 provoca um morto em Nápoles

    Mundo

    Um sismo de magnitude 4,0 na escala de Richter atingiu esta segunda-feira a ilha de Ísquia no golfo de Nápoles, no mar Tirreno, no sul de Itália. De acordo com o jornal La Stampa uma mulher terá morrido e dois feridos estarão em perigo de vida.

  • A easyJet não está a oferecer bilhetes no Facebook. Cuidado, é uma burla

    País

    Se esteve no Facebook nos últimos dias, provavelmente reparou na oferta de dois bilhetes para uma viagem da easyJet, a propósito do 22.º aniversário da companhia aérea britânica. Uma viagem para dois tinha tudo para correr bem, não fosse um esquema de burla, criado para obter os dados pessoais dos utilizadores que partilham a publicação na rede social.

  • Brasileiros procuram Portugal
    3:59

    País

    Viver em Portugal é hoje em dia um grande sonho da classe média brasileira. De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros, só em 2016, o número de vistos de residência aumentarem em mais de 30%. A língua, a segurança e a qualidade de vida são as razões apontadas para a mudança. Todos os dias, no consulado português no Rio de Janeiro, para a obtenção de vistos.

  • Big Ben em silêncio durante quatro anos
    2:15

    Mundo

    Esta segunda-feira ficou marcada pelas últimas badaladas dos famosos sinos do Big Ben, em Londres, no Reino Unido. A torre, na qual está instalada o relógio mais famoso do mundo, vai entrar em obras e os sinos só vão voltar a tocar em 2021.

  • Garrafa lançada ao mar em Rhodes recebe resposta de Gaza
    1:43

    Mundo

    A história parece de filme, mas aconteceu numa praia de Gaza. Um casal britânico lançou uma garrafa com uma mensagem ao mar, em julho, na ilha grega de Rhodes. A garrafa foi encontrada por um pescador numa praia de Gaza, que aproveitou para enviar a resposta, na qual falou sobre as restrições impostas por Israel.